•  
     

Viajar em Portugal

Viajar em Portugal não é muito difícil. Há várias opções disponivéis : autocarros, comboios, aviões, bicicletas e metro e elécticos em Lisboa e Porto.

Os vôos dentro do país são relativamente caros pois as distâncias não são significativas daí que os autocarros e os comboios sejam mais acesssíveis .

A rede ferroviária nacional é explorada pela empresa estatal "Comboios de Portugal" (CP) e cobre a maioria do país de forma bastante eficaz.

No respeitante aos autocarros, existem diversas empresas que cobrem todo o país e oferecem um serviço bastante alargado.

Se prefere alugar um carro há várias empresas disponíveis que oferecem uma escolha variada. Consulte a rubrica "Carros de aluguer" no nosso site.

Enquanto estiver entre nós, se quiser conhecer os mais importantes locais turísticos aconselhamos fazê-lo em excursão organizada pois ganha o tempo que perderia na busca dos diversos locais e monumentos, não tem de preocupar-se com o estacionamente ou com a segurança da sua viatura e dos bens que ela encerra. Todas as excursões são acompanhadas por um profissional de informação turística que lhe fornecerá as explicações devidas aos locais a visitar.

Temos 3 pacotes de excursões à partida da Ericeira que lhe vão permitir conhecer melhor e mais comodamente o nosso país. Peça informações detalhadas.


lisbon-tramtransport.jpg
lisbon-tramtransport.jpg (28.52 KiB) Visto 203 vezes




Fonte: http://www.portugal-virtual.net/portugu ... travel.htm
 
Bom dia!

Resido no Rio de Janeiro, sou Matogrossense, e sou casado com uma
neta de portugueses, que vive falando da possibilidade de visitar Portugal
e até, após aponsentadoria ( daqui a 5anos) morar lá. Mas, por enquanto,
nos contentaremos em visitar o país. Assim, solicito, envio dos preços de
pacotes de passeio à Portugal, atualizados. Principalmente, os citados no
seu email, promovendo segurança, conforto e organização para aproveitar
tempo e dinheiro.
Aguardo informações, por favor incluir o valor dos hotéis e/ou pousadas,
refeições, passeios, discriminadamente. Agradeço desde já.
Enio Magalhães de Paiva.
email: [email protected]