•  
     

Vexame da Libertadores volta à tona para evitar o salto alto

Vexame da Libertadores volta à tona para evitar o salto alto na Gávea

Caio Júnior e Marcinho lembram que equipe deve respeitar todos os adversários para evitar que decepção se repita no Brasileirão


Fantasma de Cabañas reaparece para evitar novas decepções da torcida rubro-negra.jpg


Desde que Caio Júnior chegou ao clube, o Flamengo, mesmo com a boa campanha no Brasileirão, ficou fora do foco das atenções da mídia e observou de longe o sucesso e a decepção dos rivais. Primeiro Botafogo e Vasco caíram nas semifinais da Copa do Brasil, por último foi a vez do Fluminense tropeçar na decisão da Libertadores. Agora, os holofotes estão novamente na direção do Rubro-Negro, que liga o sinal de alerta para não repetir os erros do passado.

- O Flamengo é notícia no mundo todo. Possivelmente as atenções serão maiores a partir de agora e não podemos dar motivo nenhum para que aconteça algo de forma negativa, nem externa nem internamente. Conversei isso com o grupo - diz o treinador.

Caio Júnior relembra a traumática eliminação na Libertadores, diante do América do México, para mostrar que a boa fase atual pode ser ilusória se o elenco não souber administrá-la.

- Não adianta querer dar um passo maior que a perna. Já aconteceu uma experiência aqui dentro, onde se pensou na próxima fase da Libertadores, a mídia inteira contava com essa passagem, toda a torcida. Isso de forma geral, até porque eu cheguei na véspera. Então, essa experiência tem que ser lembrada sempre.

Artilheiro do time no Brasileirão, Marcinho faz coro com o comandante e revela a principal lição deixada por Cabañas.

- Essa Libertadores, apesar da maneira como aconteceu a eliminação, serviu pra gente aprender bastante. Mostrou que temos que respeitar qualquer adversário, independentemente de qualquer coisa, se estiver lá em baixo ou na liderança com a gente. Foi ruim, foi muito doloroso, mas valeu a pena porque aprendemos muito.

Neste sábado, o Flamengo recebe o Náutico, no Maracanã, pela nona rodada do Brasileirão, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances a partir das 18h.



Fonte: http://globoesporte.globo.com/Esportes/ ... 65,00.html