•  
     

Vaticano aceita evolução, mas não se desculpa com Darwin

Vaticano aceita evolução, mas não se desculpa com Darwin

da Reuters, na Cidade do Vaticano

O Vaticano disse nesta terça-feira (16) que a teoria da evolução é compatível com a Bíblia, mas não planeja um pedido de desculpas póstumo a Charles Darwin (1809-1892) pela fria recepção dada a ele há 150 anos.

Igrejas cristãs costumam ser hostis a Darwin por conta dos conflitos entre sua teoria e a acepção bíblica da criação. O criacionismo defende que Deus teria criado o mundo em seis dias, como é descrito na Bíblia.

O arcebispo Gianfranco Ravasi, ministro da Cultura do Vaticano, deu a declaração durante o anúncio de uma conferência de cientistas, teólogos e filósofos que acontecerá em Roma em março de 2009, marcando os 150 anos da publicação da obra "A Origem das Espécies".

"Talvez devêssemos abandonar a idéia de emitir pedidos de desculpas, como se a história fosse um tribunal que está eternamente em sessão", disse, acrescentando que as teorias de Darwin "nunca foram condenadas pela Igreja Católica e nem seu livro havia sido banido".

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/cien ... 5551.shtml