•  
     

Único morador que ficou em cidade tomada pelo Estado Islâmico conta como foi encontro com jihadistas