•  
     

Última conversa do piloto antes de pousar em rio de Nova Yor

'Vamos estar no Hudson' foi a última frase de Chesley Sullenberger.
Gravação mostra tensão dos controladores antes do bem sucedido pouso.


Uma voz calma na gravação avisa à torre de controle: “Vamos estar no Hudson”. O último diálogo entre o piloto Chesley "Sully" Sullenberger antes do pouso forçado no rio Hudson, em Nova York, foi divulgado nesta quinta-feira (5) pela Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA).



Ouça ao lado o áudio, em inglês, com legendas em português



A gravação reflete a tensão do momento do pouso forçado, mostrando a confusão dos controladores de voo após o aviso do piloto. O voo 1549, da US Airways, fez um pouso forçado no rio no dia 15 de janeiro após suposto choque com aves logo depois de decolar do aeroporto de La Guardia. Todos os 150 passageiros e 5 tripulantes sobreviveram ao acidente.

Na gravação, o piloto conta que a aeronave se chocou com os pássaros, e que perdeu os dois motores. O controlador de voo tenta desviar o avião para o aeroporto de Teterboro, em nova Jersey.

“Não podemos”, responde o piloto, seco, mas sem aparentar desespero. O controlador volta a falar no aeroporto e pergunta que pista de pouso ele prefere. É então que Sullenberger avisa que vai pousar no rio.

Aparentemente sem acreditar no que ouviu, o controlador de voo ainda pede que o piloto repita o que disse, mas a gravação se encerra ali.

Em entrevista no último final de semana, o piloto disse que pousar no rio foi surreal. “Foi um momento de muito silêncio e nós trabalhamos, eu e meu co-piloto. Fomos um time”, afirmou ele

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,M ... LGADA.html