•  
     

Toyota anuncia prejuízos de US$ 1,6 bi no ano fiscal

Resultados serão contabilizados em março de 2009.
Será a 1ª vez que a montadora registrará perdas desde 1940.


A gigante japonesa Toyota Motor Group, maior rmontadora de veículos do mundo, anunciou nesta segunda-feira (22) que seu resultado financeiro no ano fiscal 2008-2009, que encerrará em março do próximo ano, sofrerá a primeira perda por operações de sua história. Segundo o presidente do grupo, Katsuaki Watanabe, que credita o desempenho à crise econômica global, o prejuízo acumulará US$ 1,6 bilhão.

Será a primeira vez que a montadora contabilizará perdas em sua história. A empresa foi fundada em 1937, mas começou a publicar seus resultados em 1940.

Apesar das perdas na atividade de venda de veículos da companhia, a Toyota prevê um lucro líquido de 50 bilhões (US$ 556 milhões) no final do ano fiscal, que termina em março.

Estes dados representam um revés muito grande em comparação com os do ano passado, quando a empresa teve 2,27 trilhões de ienes (US$ 25,235 bilhões) de lucro por operações e 1,72 trilhão de ienes (US$ 16,465 bilhões) de lucro líquido.

A revisão em baixa se deve ao desabe das vendas da Toyota no mundo todo, mas especialmente nos EUA e na Europa, unido a uma forte apreciação do iene frente ao dólar, que prejudicou os resultados financeiros do gigante do motor.

Um iene muito caro dificulta as exportações de veículos da Toyota e dizima os lucros da companhia obtidos no estrangeiro uma vez repatriados.

A Toyota, o maior fabricante de automóveis do mundo, divulgou esta revisão da queda de seus resultados apenas um mês e meio depois de ter anunciado um corte em suas previsões com a publicação de seus resultados dos primeiros seis meses do ano fiscal.


Fonte: G1