•  
     

TECNOLOGIA 3G - SAIBA MAIS

Desde o final do ano passado fala-se muito na terceira geração de telefonia móvel que se insere aqui no Brasil, porém, ainda estamos longe de obtermos recursos decentes deste advento tecnológico.

3g.jpg
3g.jpg (14.77 KiB) Visto 109 vezes


Em primeiro lugar, não quero parecer pessimista, mas a 3G não é uma novidade no mundo, afinal, países do continente europeu, como também o Japão, já caminham para a quinta geração.

No Brasil, a terceira geração promete uma maior transmissão de dados, oferecendo serviços antes inéditos aqui, mas o que acontece?

Fala-se muito, e pouco temos.

Já procuraram ver quantos aparelhos compatíveis temos, com essa tecnologia? Mesmo com todo o marketing que é feito, a grande massa da população não sabe nem o que 3G quer dizer.

A cobertura ainda é muito escassa. Tudo bem que é uma tecnologia recente, mas a demora que temos para implantação de recursos como estes, faz com que a gente perca muito em produtividade! Imagine você em São Paulo, que é uma referência no Brasil, e sedia muitas multinacionais. O trânsito de São Paulo é uma verdadeira loucura, então, o que você faz para agilizar o trabalho e ganhar tempo? Enquanto passa horas num engarrafamento, você pega na sua pasta o seu notebook, conecta nele o modem compatível com a 3G da sua operadora de celular esperando que sua nova aquisição (o modem) vá te ajudar a aproveitar melhor o tempo que você está perdendo ali no trânsito, mas o que acontece? Sinal fraco, ausência de sinal… páginas na web com carregamento interrompido. A falta de suporte a tais recursos ainda é muito grande aqui.

Pra piorar, muitos estão loucos esperando logo aquele recurso para poder assistir à TV digital no celular, mas as emissoras de TV estão dificultando este processo. O que acontece também é que o padrão japonês (ISDB) adotado pelo Brasil não é compatível com o padrão europeu de nossos celulares, que adota a tecnologia GSM. Tal combinação exige que seja fabricado um modelo específico para o Brasil, o qual é um mercado relativamente pequeno, se comparado com o mundo todo.

Mas espera, ainda temos outra alternativa à TV digital no celular! Aparelhos que recebem sinal por streaming (IPTV) já têm sua marca no mercado, porém por enquanto oferecem canais como CNN ou Bloomberg, e não estão tendo muita procura pelos usuários.

Enfim… Com tantos problemas, as operadoras fazem o de sempre… Velha tática de mercado: Investir pesado em marketing, iludir a população, e só depois de muito tempo, oferecer um serviço de qualidade. É um velho problema discutido nas minhas aulas de engenharia de software, na universidade, onde tem sido discutido isso: a qualidade dos serviços que são oferecidos é baixíssima e, corrigir tal problema, ainda é outro grande problema!




Fonte: http://conhecendoseumicro.blogspot.com/ ... -mais.html