•  
     

Suzuki Kizashi é inspirado em atleta em movimento

Suzuki Kizashi é inspirado em atleta em movimento

Protótipo divide estande com o Grand Vitara no Salão de São Paulo.
Próximo lançamento no Brasil, o jipe Jimny, ficou de fora do evento.

Kizashi é equipado com motor V6 de 3,5 litros de 300 cavalos de potência.jpg


Inspirado em um atleta em movimento, o protótipo Kizashi é a atração da Suzuki no Salão de São Paulo. Como a montadora acaba de voltar para o Brasil com a terceira geração do Grand Vitara, não sobrou muita novidade para o evento.

Em japonês, Kizashi significa “algo legal está chegando.” Nome que reforça as linhas do carro, que dão a sensação de movimento. O modelo é equipado com motor V6 de 3,5 litros de 300 cavalos de potência. Inovador, o Kizashi traça o futuro dos veículos Suzuki.


No que se refere a investimentos para o Brasil nos próximos anos, nem o jipe Jimny deu as caras no salão. O modelo é cogitado para entrar no mercado brasileiro em 2009 e deverá ser vendido por cerca de R$ 60 mil. Portanto, de “real” mesmo só o Grande Vitara, importado do Japão.

Suzuki Grand Vitara.jpg


Produção na Argentina

Com a volta da Suzuki ao Brasil, as operações da montadora com a General Motors na Argentina ficaram conturbadas. Neste mês, 250 empregados temporários que trabalham na linha da segunda geração do Grand Vitara, o Tracker no Brasil, serão desligados da produção.

O presidente da General Motors do Brasil e Mercosul, Jaime Ardila, explicou que a linha do Tracker ou Grand Viatara (segunda geração) era dividida – metade recebia o logotipo da Suzuki e a outra metade da Chevrolet – e, como a Suzuki voltou ao Brasil com veículos importados do Japão, o acordo com a GM foi rompido. Ou seja, somente o Chevrolet Tracker continua a ser produzido na fábrica de Rosario.


Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Carros/0,, ... MENTO.html