•  
     

Sub-20: Brasil passa pela Venezuela e garante vaga no Mundia

Garotada faz 3 a 0 e carimba passaporte para o Egito. Maylson, do Grêmio, e colorados Giuliano e Sandro marcam em Puerto la Cruz

Maylson recebe o abraço dos companheiros após abrir o placar para o Brasil contra a Venezuela
A seleção brasileira está classificada para o Mundial Sub-20, que será disputado entre setembro e outubro no Egito. A garotada venceu a Venezuela por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, em Puerto la Cruz, manteve a liderança do hexagonal final do Sul-Americano Sub-20 e garantiu a vaga com antecipação. O time, treinado pelo ex-zagueiro Rogério Lourenço, soma nove pontos em três rodadas. Os quatro primeiros colocados entram no Mundial e o Brasil, atual campeão sul-americano, não tem mais como ficar fora da zona de classificação, faltando duas partidas. O Uruguai é o segundo, com seis, seguido por Paraguai (quatro), Colômbia (três), Venezuela (três) e Argentina (um). A vitória da seleção sobre a Venezuela teve cara gaúcha. Os gols foram de Maylson, do Grêmio, e de Giuliano e Sandro, do Internacional. Na sexta-feira, o Brasil enfrenta a Colômbia, às 18h30m (de Brasília), em Puerto la Cruz.

Além do Brasil, outros 16 países já estão classificados para o Mundial: Egito, Taiti, República Tcheca, Inglaterra, Alemanha, Hungria, Itália, Espanha, Camarões, Gana, Nigéria, África do Sul, Austrália, Coréia do Sul, Emirados Árabes Unidos e Uzbequistão.Desfalcada do corintiano Dentinho, a equipe de Rogério Lourenço começou pressionando e quase abriu o placar logo aos dois minutos com o gremista Douglas Costa, que invadiu a área pela direita e bateu bem de canhota, mas o goleiro Romo defendeu.

Agência/Reuters
Giuliano (7): revelado pelo Paraná, meia vai defender o Internacional nesta temporada
Aos oito, Giuliano tentou até de bicicleta, mas o arqueiro venezuelano pegou sem problemas. Aos 31, Douglas Costa arriscou de longe, com força, e Romo salvou os donos da casa de novo. O primeiro gol saiu aos 34. Douglas Costa rolou para Maylson, na linha da grande área, e o colorado pegou forte na bola, rasteiro, no canto direito: 1 a 0. A seleção precisou de apenas 44 segundos para ampliar no segundo tempo. Romo, destaque da Venezuela antes do intervalo, falhou feio, soltou a bola no pé de Walter na pequena área e o camisa 9 deu para Giuliano marcar o segundo. Aos 12, o terceiro. O meia Sandro, um dos destaques do Brasil no Sul-Americano, recebeu de Walter na área, driblou o goleiro e fechou o placar com estilo.

brasil.jpg
brasil.jpg (18.78 KiB) Visto 365 vezes




link: http://futeboldeportalegre.blogspot.com ... ela-e.html