•  
     

sera me podem ilucidar...nao riam:)

tenho uma netinha de dois anos e k neste momento nao esta comigo nem com meu filho k é o Pai...andamos em tribunal pois é vitima de seria negligencia...ora sonhei k ela tava coberta de penas brancas ...e k aos poucos as penas iam caindo...sera k alguem me sabe dizer o significado do sonho?
beijinhos
 
Alguma vez um sonho seu se tornou realidade?
 
Olá Doce Brisa bom dia com alegrias pra ti !!!

Olha significado dos sonhos depende muito de que o que vc tenha sonhando significa pra ti , os sonhos é um modo de simbologia aonde seu incosnciente se comunica contigo, e existe o inconsciente individual e o incosnciente coletivo, por exemplo eu detesto sapos tenho horror e td ve que vou passar por uma situação de terror sonho com sapos , mais no inconsciente coletivo sapo seria sinal de prosperidade e abundância etc ... então interpretação de sonhos é muito relativo .

No geral sonhar com penas

Vermelhas: relacionamento amoroso ardente.
Verdes: esperançais.
Pretas: aflições.
Amarelas: cuidado com intrigas.
Brancas: satisfações com dinheiro.
Cinza: atrasos.
Azul: aborrecimentos

SIMBOLISMO
PENA- Na Idade Média, funcionava como uma espécie de oráculo.
Quando alguém se encontrava perdido numa encruzilhada não sabendo para onde ir, costumava-se soprar uma pena para ver qual era a direção indicada de acordo com a posição como ela caísse.
De um modo geral, as penas simbolizam pensamentos e fantasias.
Embora para os povos primitivos elas sejam consideradas um símbolo de poder.
O cocar de penas de águia possuía uma simbologia mágica, e a coroa de penas é considerada pelos índios como a coroa radiada dos monarcas; é como se adquirissem através de seu uso, a qualidade solar da ave.

Espero ter contribuído com tua pergunta Felicidades pra ti !!!
 
bgd por ters respondido nao sei k pensar de meu sonho...pois a minha netinha tava coberta com penas brancas e os pintainhos iam tirando as epnas a elas....e tambem tava um galo k depenicava a mae da menina...nao sei k pensar uma vez k estamos a passar um momento de grande aflliçao com a bébé....ela vive com a mae k a niglegencia muito
 
ola.sim mais do k uma vez por isso estou perplexa com o k sonhei...e infelizmente os sonhos k tenho tido trazem uma msg e nao tem sido das melhores....embora num fosse um aviso dum acidente...k aconteceu passados mais ou menos 15 dias um acidente bem grave k meu filho teve.....entre outros sonhos...
pok pergunta?
 
GALO- É considerado um símbolo do tempo, além de possuir um princípio solar, masculino, que aparenta altivez. Os sonhos em que o ego onírico aparece representado na imagem do galo, certamente deverão estar se referindo aos aspectos de soberba da personalidade do ego vígil.
 
Sonhos

Os conteúdos inconscientes são sempre multisignificativos, e dependem tanto da conjuntura como surgem, como da específica situação vital e espiritual do sujeito que sonha. Para Jung, eles são uma auto-representação da psique, apresentada sob uma forma simbólica.
Assim, na psicologia analítica, os sonhos são considerados um processo psíquico natural, regulador, análogo aos mecanismos do funcionamento corporal. No curso natural da análise junguiana, eles são frequentemente usados como ponto de referência para a interação no processo analítico. Analista e analisando são aliados na tentativa de compreender a "mensagem" do sonho em relação ao ego do analisando, e muitas vezes, corrigem também uma atitude de ego do analista.
Dentro dessa visão, ele não é encarado como uma espécie de história, nem como um filme, texto ou comédia teatral, é visto como um acontecimento no espaço, só que numa outra articulação espaço-temporal, que se insere em outro tipo de qualidade, diferente do espaço-tempo da consciência.

Jung =
"Os sonhos são a expressão do eixo ego-Si-mesmo.
Todo sonho pode ser considerado uma carta enviada
ao Egito para nos despertar. Podemos não ser capa –zes
de ler essa carta, mas pelo menos podemos abrí-lae
fazer o esforço para ler"


Cada sonho requer a passagem para uma consciência semelhante ao sonho, que possa aderir ao mundo dos sonhos. A consciência diurna tropeça, quando confrontada com um tipo de lógica essencialmente estranha a ela.
Traduzir diretamente um sonho para a lógica diurna, usando esquemas preconcebidos, é um método que não faz justiça à diferença entre realidade onírica e realidade diurna, e é portanto, fundamentalmente inadequada, até porque os sonhos parecem incompreensíveis por natureza, sem sentido, e um insulto ao nosso bom senso.
Sonhar é uma experiência humana universal. Em sentido fenomenológico, o sonho é uma experiência de vida que se reconhece, em retrospecto, ter ocorrido na mente enquanto adormecida, embora no momento em que tenha acontecido, contivesse o mesmo senso de verossimilhança que associamos às experiências da vida vígil; ou seja, parece acontecer num mundo "real"que só em retrospecto é reconhecido como mundo onírico.
Ele é um organismo psíquico, uma realidade viva sob forma espacial. Todos os elementos que o constituem, pertencem à sua identidade. Cada parte é necessária para a existência de cada imagem específica. Eles têm sentido, mas um sentido que não é lógico; são muito reais, mas sua realidade não é apreendida por nenhum dos sentidos de nosso corpo.
Devemos estar atentos para o fato de que os sonhos têm um propósito, mas é um outro idioma que eles se expressam, um idioma simbólico, e essa língua só se torna acessível para nós através de uma espécie de iniciação. Eles sempre indicam algo desconhecido, um ponto cego; assim, mesmo que ele diga coisas óbvias, muitas vezes não enxergamos ou não sabemos "ver".
Ele posui linguagem e leis próprias, das quais a pessoa não pode se aproximar como sujeito, pois a pessoa não sonha, o sonho é que é sonhado, ou ela é sonhada no sonho. Nós não "experimentamos" o sonho, somos nós o objeto, e não ele.
Podemos comparar essa linguagem simbólica do inconsciente de que os sonhos fazem-se valer, à uma língua estrangeira, o sonho "fala" através de símbolos. Assim, teremos que "ativar"um mecanismo interno de aprendizagem do novo vocabulário e da nova estrutura gramatical. Teremos que baixar a guarda do ego. O ego é o muro protetor de acesso ao inconsciente. É ele que veta o contato com nosso mundo onírico. Ele oculta as coisas do espírito.
Seguir os caminhos dos sonhos, assemelha-se a estabelecer uma ligação entre o ego e o centro da personalidade, e a sua compreensão, nos dirá aonde o inconsciente já está tentando alterar a imagem do ego, na direção da saúde e da individuação.
Realizar a individuação, implica em perceber que boa parcela da vida tem um padrão pré-existente. Existe, claro, uma certa margem de liberdade, mas abaixo dela, um padrão nos foi dado viver. Ao compreendermos esse padrão, ao torná-lo consciente, interpretando nossos sonhos, nós não poderemos fugir de nosso destino, mas seremos capazes de dar-lhe um sentido mais positivo.


Jung =
"Até hoje, Deus é o nome pelo qual designo
tudo que atravessa no caminho de minha
obstinação de forma violenta e atrevida, tudo
que atrapalha minhas opiniões, planos e in-
tenções subjetivas e muda o curso de minha
vida, para o bem ou para o mal "
 
docebrisa Escreveu:ola.sim mais do k uma vez por isso estou perplexa com o k sonhei...e infelizmente os sonhos k tenho tido trazem uma msg e nao tem sido das melhores....embora num fosse um aviso dum acidente...k aconteceu passados mais ou menos 15 dias um acidente bem grave k meu filho teve.....entre outros sonhos...
pok pergunta?


É que tenho dúvidas sobres esses fatos, mais alguns sonhos meus já se tornaram realidade
 
OLA...com o devido respeito tanto palavreado k nem seker é de sua autoria...para me deixar na mesma....desculpe mas é muito leiga(o9 kanto a certas coisas...ja na Bblia ha passagens em k Deus dava sinais atravez de mensagens em sonhos...e oc erto é k isso me tem acontecido ao longo de minha vida...ora neste momento estamos a passar um grave problema familiar e nao é a primeira vez k atrvez de meus sonhos sou digamos avisada de k algo nao esta bem....para complicar mais minha cabeça nao preciso de excertos de textos:)
muito obrigado e tenha um bom dia