•  
     

Sapho de Lesbos, ela amou elas

Originária de uma família aristocrática da ilha de Lesbos, Sapho viveu na segunda metade do século 7 AC. E teve papel ativo na política de sua cidade, antes ser exilada para a Sicília.
Enquanto esteve casada com o riquíssimo Cercylas, teve uma fila a quem deu o nome de sua mãe: Cleis.
Sapho se dedicou ao serviço das Musas e chegou a conhecer, em vida, a fama e o reconhecimento à sua poesia, a seus cantos nupciais e a seus epigramas.
Depois de vivenciar grandes mudanças internas, passou a ser discriminada, acusada de viver na marginalidade e de amar mulheres, entre elas Atthis, Télésippa e Mégara.
Escreveu nove livros de poemas líricos. As emoções fortes e atmosfera sensual que vinham de sua lira alimentaram o mito em torno de sua vida íntima, que vem provocando, desde a antiguidade, debates apaixonados e profundos.
Morreu ao se atirar ao mar do alto do rochedo de Leucates, pelo amor não correspondido por um homem: Phaon, o Mitileniano.



sappho-and-erinne-solomon.jpg
sappho-and-erinne-solomon.jpg (27.25 KiB) Visto 770 vezes



Fonte: http://jornale.com.br/wicca/?p=729
 
falar de mim é fácil, dificil é ser MIM! faz mais sentido :)

quanto ao post..muito bom ;)