•  
     

San Antonio Ghost Tracks

San Antonio Ghost Tracks

Desde que me mudei para o Texas fiquei sabendo de uma lenda da cidade de San Antonio, ao sul do estado, famosa pelas missões jesuíticas como aquelas que existiam no sul do Brasil, Argentina e Paraguai. San Antonio tem fama de ser a capital assombrada do e

Primeiramente gostaria de agradecer ao Sobrenatural pela oportunidade de relatar a minha experiência com esse folclore local.
Gostaria também de me desculpar pela falta de acentuação gráfica mas o teclado do meu trabalho so tem 102 teclas…

Moro nos EUA desde 1998 quando vim para estudar. Depois de dois anos vivendo em lugares diferentes e encantadores, em 2000 fixei residência na tórrida Dallas, Texas, estado esse repleto de estórias e lendas….

O sobrenatural e encarado com bastante naturalidade aqui nos EUA, diferentemente do Brasil onde a sobrenaturalidade ainda engatinha, apesar da espiritualidade do país, aqui ela faz parte do cotidiano da vida das pessoas. Existem dezenas de programas de tv que abordam o assunto, desde os verdadeiros caça fantasmas aos detetives que investigam tais fenômenos, mistérios que jamais foram resolvidos, etc… e só ligar a tv que o assunto esta lá.

Desde que me mudei para o Texas fiquei sabendo de uma lenda da cidade de San Antonio, ao sul do estado, famosa pelas missões jesuíticas como aquelas que existiam no sul do Brasil, Argentina e Paraguai. San Antonio tem fama de ser a capital assombrada do estado. Especialmente com fantasmas da época de guerra da independência do Texas no séc XVIII.
Voltando a lenda, essa conta que na década de 30 ou 40 um ônibus escolar cheio de crianças sofreu uma pane e parou em cima dos trilhos do trem, o motorista em vão tentou salvar as crianças, mas já era tarde, todas elas morreram nessa tragédia. A historia conta que as ruas que circundam os trilhos do trem naquela região foram nomeadas com o nome das crianças que morreram, coincidência ou não, as ruas daquela região tem realmente nome de pessoas desconhecidas, como "Peggy Sue Lane" e "Cindy Drive". De acordo com empreiteiro responsável pelo condomínio de casas do local, esses são os nomes dos filhos deles, mas, teria ele tido mais de 20 filhos???

Continuando, a lenda conta que se vc dirigir naquele mesmo lugar onde o acidente supostamente ocorreu e parar o seu carro ate 20 metros dos trilhos, desligar o motor e colocar em N (carros automáticos) ou no ponto morto, dentro de alguns segundos ou minutos, seu carro ira se movimentar, atravessar os trilhos e parar de repente. E quando vc sair do carro e olhar na traseira do mesmo, vc poderá notar a impressão de varias mãozinhas de crianças, aquelas que morreram e que agora ajudam os motoristas com problemas mecânicos a atravessar os trilhos com segurança para que jamais aconteça uma tragédia semelhante aquela que as vitimara.

Fiquei sabendo dessa historia pela TV e confesso que a primeira vez que a ouvi, fiquei triste pelas crianças, mas não acreditei, pois a historia tem um tom meio surreal. O que me encucou no entanto e que diferentemente de outras historias que ouvimos por ai sobre fantasmas e assombrações, onde alguém sempre aumenta, enfeita e/ou muda um pouquinho cada vez que e ouvida, essa sempre foi consistente, sem nenhuma variante, sem exageros, sempre a mesma sólida historia.
Uns três meses depois, eu estava assistindo ao programa "Unsolved Mysteries" na TV e pude ver que nos começo dos anos 90 uma equipe de tv havia visitado o local, colocado talco de bebe na traseira do veiculo e parado o carro, como segue a lenda. Minutos depois diante das câmeras externas e internas (focalizando o pe do motorista) o carro inexplicavelmente atravessou os trilhos e parou do outro lado. Quando a câmera externa mostrou a traseira do veiculo, podia se notar pequenas mãozinhas em toda a parte de trás do veiculo.

Os pelos do meu corpo se arrepiaram todo, ali, na frente das câmeras o fenômeno acontecera, sem efeitos especiais, pura e simplesmente o carro se moveu de um lado, para o outro dos trilhos.

Cientistas tentaram explicar o fenômeno, muitos dizem que existe uma área de intensa atividade estática que faz os veículos se movimentarem, outros dizem que é fraude, muitos dizem que nada aconteceu quando eles tentaram a mesma façanha. Para descredibilizar ainda mais a teoria dos céticos, os trilhos encontram-se num plano superior ao da rua, portanto quando você atravessa os trilhos, você sobe e desce ate o outro lado da rua.

Depois de assistir ao programa, decidi que na próxima vez que eu fosse a San Antonio, visitaria o local.
A oportunidade aconteceu apenas alguns meses atrás em maio desse ano (2002), minha esposa Amy, casal de amigos Andy e Debbie e eu resolvemos passar um final de semana em San Antonio e visitar as muitas atrações turísticas da cidade.
Desde o dia que eu assistira o programa até o dia 18 de maio, ja havia se passado mais de um ano e eu havia ate esquecido da historia. Quando chegamos a San Antonio (4h de carro de Dallas), achamos um hotel a beira do canal (Riverwalk) que corta a cidade e resolvemos caminhar pelo centro e fazer as coisas que turistas fazem quando visitam um lugar. Quando estávamos no mercado publico da cidade, em meio dos estandes de bugigangas e quinquilharias, havia uma tenda com informações sobre as áreas assombradas de San Antonio, como o Opera House, Alamo, o cemitério municipal e é claro os trilhos. Depois de um rápido bate papo com o atendente, peguei um guia de como chegar ao local. Antes de sair porem ele avisou que o perigo talvez não fosse os fantasmas mas sim a área, considerada decadente e meio barra pesada (o conceito de barra pesada nos EUA e no Brasil e TOTALMENTE diferente um do outro…he he he) e que muitos ladrões espreitavam na escuridão do local para assaltar os "amantes da sobrenaturalidade".

Depois de algumas horas tentando convencer o pessoal de que seria legal passar pelos trilhos, finalmente nos preparamos para ir ao local. Apesar do fenômeno supostamente ocorrer a qualquer hora do dia, muitos escolhiam a noite para experienciar o sobrenatural.

Depois de nos perdermos por quase meia hora nas ruas estreitas e escuras da área, finalmente chegamos ao local, não havia duvida de que aquele era o local certo. O fenômeno havia se tornado uma atração turística digna do Alamo, e Seaworld San Antonio. Uma fila de quase 20 carros se aglomerava na rua, um carro de policia patrulhava a área, pessoas vendiam talco de bebe, cachorro quente, bebidas, etc…. confesso que fiquei desapontado, não esperava que o local havia se tornado um circo de atrações. Isso quebrou bastante a morbilidade do local, do mistério que envolve a historia, mas já que estávamos ali mesmo…..porque não? Com ou sem aquela multidão eu queria ver com os meus próprios olhos o que a minha mente sempre duvidou.

Entramos na fila. Meu amigo Andy e eu saímos do carro e resolvemos limpar bem a traseira antes de passar o talco, visto que muitas pessoas acreditam que as impressões digitais são dos próprios donos do carro e que se tornam evidente somente quando talco, ou poeira são jogados em cima. Tipo o que a policia faz quando procura por impressões digitais em alguma cena de crime.

Passei um pano úmido pelo carro, em seguida sequei o local e Andy pos o talco. Depois disso entramos no carro e esperamos a nossa vez. Apesar de um pouco apreensivos, rimos quando comentei que essas pobres crianças já devem estar cansadas de tanto ficar empurrando os carros para fora dos trilhos….
Quando o carro da frente subitamente começou a se mover mesmo estando desligado, o meu coração disparou, seremos os próximos disse a mim mesmo. Debbie que estava no banco da frente tinha uma câmera e quando paramos perto dos trilho ela tirou uma foto dos trilhos que mais tarde realmente me arrepiou (vejam as fotos com comentário no final da reportagem).
Chegara a nossa vez, a minha esposa tremia e queria ir embora pois o local era realmente assustador e podíamos sentir um ar pesado, quase sufocante. A minha esposa que e bisneta de ciganos sempre teve o "sexto sentido" mais aguçado do que o meu, que sempre tenta achar uma explicação lógica para tudo.

Andy parou o carro a uns 10 metros dos trilhos, desligou o motor, botou em "N" e tirou o pe do acelerador, ele ainda tirou as chaves do carro e deu para Debbie que as segurou. Ficamos ali no mais absoluto silencio, os segundo passavam e eu estava convicto de que nada iria acontecer, talvez tudo fosse folclore, fantasia, de repente, começamos a ouvir o barulho do atrito dos pneus com a brita e com um tranco, começamos a nos movimentar!!!! Eu estava pálido, suando sem parar, quase com náusea, quando o carro cruzou os trilhos, pegou ainda mais velocidade e paramos uns 20 metros a frente dos trilhos e assim como começou, com um tranco ele parou. Era o fim da jornada paranormal …. O carro demorou um pouco para pegar (estava agindo como um carro a álcool se injeção eletrônica no inverno) mas depois de algumas tentativas pegou.

Refletimos sobre o evento no caminho de volta para o hotel (na excitação esquecemos de parar o carro e olhar a traseira do mesmo ate chegarmos ao hotel) tentamos chegar a uma conclusão plausível para o que havia acontecido, mas não havia nenhuma, realmente acontecera, como num passo de mágica, nos movemos por quase 30 metros com o carro desligado, subimos e descemos os trilhos sem qualquer forca motora conhecida.

De repente Debbie se lembrou de que não havíamos checado a traseira do carro paramos ali mesmo na rua a caminho do hotel. Saímos todos do carro. Definitivamente eram mãos que estavam marcadas na traseira do carro!!! Aconteceu tudo da mesma forma como segue a lenda…

Ao chegarmos ao hotel, conversamos com o "bell boy" e ele nos disse que já tinha ido ao lugar inúmeras vezes, o local havia virado o "point" do pessoal. Ele também nos contou que algumas pessoas ouviram vozes de crianças conversando e brincando enquanto eram empurradas, outras viram as crianças, outras viram orbs flutuando (nos conseguimos captar vários orbs na câmera), outros dizem que os carros de cor branca ao invés de apresentarem as mãos na traseira, traziam pequenos pingos de sangue, em outros o carro não funcionou mais…etc…

Aprendemos também naquela noite que não existe nenhum documento em nenhum jornal da época, nem mesmo nos registros publico da cidade sobre qualquer acidente envolvendo um ônibus escolar nas décadas de 30, 40 e mesmo 50….mas o que seria essa forca inexplicável?

Algum fantasma com jeito para ser artista "ouviu" a historia e resolveu tentar a sorte e se tornar famoso? Seriam mesmo descargas elétricas? Abalos sísmicos contínuos? Estática? Fraude? Talvez nunca saberemos, mas que aconteceu, aconteceu, acontece todos os dias, em todas as horas, faca chuva, faca sol, inverno ou verão, meio-dia ou meia-noite. E apesar de toda a zona armada no local, apesar de perder um pouco do brilho mítico e assustador a experiência e realmente incrível.
Estou pensando em fazer mais duas excursões fantasmas. Uma também no Texas, na remota cidade de Marfa, onde qualquer um consegue avistar o fenômeno das luzes fantasmas que brilham todas as noites nas montanhas próximas a cidade desde de 1880 mas que jamais foram desvendadas por ninguém, nem por caçaa fantasmas, nem por estudiosos, militares, pesquisadores, ninguém.

A outra e uma excursão a Eureka Springs no estado vizinho de Arkansas, onde existe um hotel assombrado.
Prometo que assim que visitar os locais escreverei um relato sobre estes eventos. Se vcs tiverem alguma duvida sobre a historia ou gostaria de mais informações sobre mim ou sobre as próximas excursões, escrevam para [email protected]

Veja abaixo uma sequencia de 5 fotos. Uma foto que a Debbie tirou quando nos aproximavamos dos trilhos, antes de pararmos o carro. A primeira, e a foto original, a segunda e quando adicionamos brilho e as outras sao um close da figura estranha avistada na foto. Essa foto apareceu desta maneira e jamais a tentamos modificar....


Debbie 1.jpg
Debbie 1.jpg (48.76 KiB) Visto 789 vezes


Debbie 2.jpg
Debbie 2.jpg (52.35 KiB) Visto 791 vezes


Debbie 3.jpg
Debbie 3.jpg (33.25 KiB) Visto 787 vezes


As 3 fotos abaixo foram retiradas da internet...

Foto_Local.jpg
Foto_Local.jpg (9.52 KiB) Visto 782 vezes


Paranormal_01.jpg
Paranormal_01.jpg (46.73 KiB) Visto 783 vezes


As fotos abaixo foram tiradas por Andy a primeira é da traseira do carro com o dedo apontando para as maos e a outra sao dos orbs flutuando sobre os trilhos. Quando a foto dos orbs foi tirada, o local estava super escuro, eu nao sei como aquele coloracao azul se formou, pois eu nao toquei nas fotos....

Dedos.jpg
Dedos.jpg (44.41 KiB) Visto 777 vezes


Orbs.jpg
Orbs.jpg (7.23 KiB) Visto 774 vezes


Essas fotos todas se encontram em diversas paginas na internet, pois o Andy e a Debbie tambem sao ligados nessas historias e lendas e contribuiram com as nossas fotos para diversos sites que estudam o fenomeno....

Fonte: http://www.sobrenatural.org/materia/det ... st_tracks/
 
:lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
Aiaiai chama os caça fantasmas hsuauhsahu
 
:roll: :roll: :roll: :roll: