•  
     

Reserva no Amazonas registra nascimento de 381 mil tartaruga

Operação Pró-Quelônios acompanhou dia e noite a eclosão dos ovos.
Veja álbum de fotos das tartarugas na reserva de Abufari.


Na reserva amazonense de Abufari, desde que as tartarugas descem dos pequenos igapós para colocar seus ovos até o momento do nascimento dos filhotes, fiscais do Instituto Chico Mendes (ICMBio) acompanham dia e noite a trajetória dos animais. Nesta temporada de trabalho, que começou em julho do ano passado e termina neste mês, foram registrados 381 mil nascimentos de tartarugas – 49 mil a mais que os 332 mil verificados na temporada passada.

Nascimento de 381 mil tartarugas é recorde para a reserva..jpg
Nascimento de 381 mil tartarugas é recorde para a reserva.


A “maternidade” de tartarugas faz parte da operação Pró-Quelônios, que além de acompanhar o nascimento dos répteis também fiscaliza a caça. Em Abufari, desde julho já foram aplicados mais de R$ 1,5 milhão em multas e libertadas mais de 800 tartarugas.

“O último filhote saiu do ninho em três de dezembro. Desde então, o trabalho ficou voltado para a fiscalização nos rios, pois durante as festas de final de ano é que ocorrem a maior procura pelos quelônios, que é o uns dos pratos principais nas ceias do interior do Amazonas”, explica Fernando Weber, chefe da reserva de Abufari.

Fonte: http://www.globoamazonia.com/Amazonia/0 ... RUGAS.html