•  
     

Rede Mesh Meraki Wireless

Meraki Mini

Enviado numa pequena caixa contendo a fonte de alimentação, uma antena omnidirecional e um kit de fixação composto por ventosas e adesivo, o repetidor possui um processador de 180 Mhz, 8MB de memória Flash para o sistema operacional e 32 MB de RAM.


meraki.jpg


Seu rádio é compatível com os padrões 802.11b/g e possui uma potência de transmissão declarada de 60mW (18 dBm). Ao lado da entrada para o conector de alimentação, encontramos uma interface Ethernet de 10/100 Mbps, e na outra extremidade do equipamento está o conector de antena do padrão RP-SMA, a partir do qual, é possível estender o alcance do sinal mediante o uso de antenas de terceiros de maior ganho.

Ele é compatível com o padrão Power Over Ethernet na faixa entre 5,6 a 18V (não compatível com o padrão802.3af, que suporta até 48V) e recomendado para instalações internas (indoor). Segundo o fabricante, possui potência para transmitir sinais a 50 metros de distâncias em ambientes internos e 250 metros em áreas livres de obstáculos. Para instalações externas, há um outro produto denominado Meraki Mini Outdoor. O último componente da solução é um software denominado Dashboard, que na verdade consiste num portal hospedado sob o domínio da Meraki, através do qual o usuário realiza todas as configurações para criar a Rede Mesh e depois monitorar seu funcionamento.

Testes

Com três repetidores em mãos, definimos um cenário no qual um deles seria o gateway para a internet e os demias seriam utilizados para estender o alcance do sinal. Instantes após ligar o primeiro repetidor, um notebook com interface 802.11g pegou um IP automaticamente na rede 10.0.0.0/8 e daí pôde acessar o servidor web do repetidor, no IP 10.128.128.128, para onfigurar o acesso à internet.
O acesso à internet pode ser configurado a paritr de uma conexão cabeada diretamente conectada na interface Ethernet do repetidor, ou então usando um roteador wireless como gateway. No segundo caso, é importante ressaltar que a rede wireless já existente não deve ter um protocolo de criptografia ativo porque o repetidor não permite que você entre com chave de criptografia, ou com credenciais para autenticar num servidor Radius por exemplo. Note que você só entra com o identificador da rede WiFi, que é o SSID.

Estando com o acesso à internet configurado, devemos acessar o link Login no site http://meraki.com,criaruma nova conta e depois fazer login para então chegar ao console de gerenciamento Dashboard. Ali, o primeiro passo é definir um nome para sua Rede Mesh, definir que será disponibilizada aos usuários.

A seguir basta clicar em “add nodes” para chegar à página onde incluiremos todos os repetidores pertencentes à nossa rede, ou eventualmente um novo que seja adicionado no futuro. As informações fornecidas consistem do número serial, do endereço MAC e, curiosamente, do endereço do local físico onde ele será instalado.

Embora seja possível fazer alguns ajustes adicionais, como habilitar o recebimento automático de email quando um reptidor “cair“, praticamente terminamos a configuração aqui.

Protocolo de Roteamento

Este é o grande segrado para o sucesso de uma Rede Mesh. Para descobrir em tempo real quais repetidores estão ou não ativos e qual rota oferece o caminho de melhor performance até o gateway, é evidente que todos os repetidores participantes da rede, devem rodar um software que processe as informações coletadas, e isto simultaneamente ao encaminhamento de pacotes com os dados úteis dos usuários. Além disso, essas informações de “manutenção“, inerentes ao procesamento do protocolo, devem ser simples para não sobrecarregar a rede.

A documentação da Meraki menciona o uso de um protocolo de roteamento denominado SrcRR. A fim de avaliarmos sua eficiência, precisaríamos montar uma rede com uma quantidade superior de nós, mas é possível inferir uma boa capacidade de atuação através da análise do algoritmo empregado. Se o dimensionamento da sua rede demandar uma análise mais profunda, vale a pena conferir o documento no site http://pdos.csail.mit.edu/~rtm/srcrr/draft.pdf






Fonte: http://www.ajudacomputador.org/internet ... -wireless/