•  
     

Rapaz meio árvore é descoberto na indonésia

Um indonésio de 35 anos, que sofre com uma grave doença que transformou suas mãos e pés em aglomerados de verrugas semelhantes a raízes de árvores, pode ser encaminhado aos EUA para um tratamento com vitamina A, informa o Terra Espanha nesta quarta-feira.

dede0.jpg
dede0.jpg (51.33 KiB) Visto 30194 vezes




Idenficado apenas como Dede, o ex-pescador começou a desenvolver essas verrugas ainda na adolescência, após sofrer um profundo corte no joelho. A doença limitou a vida de Dede, que perdeu a mulher e o emprego desde que as verrugas começaram a crescer sem parar.

dede1.jpg
dede1.jpg (37.77 KiB) Visto 32271 vezes


De acordo com o dermatologista americano Anthony Gaspari, que está estudando o caso de Dede, o indonésio aparentemente sofre com uma variação do vírus do HPV. O HPV, ou vírus do papiloma humano, infecta os queratinócitos da pele ou mucosas, e possui mais de 200 variações.

Uma das formas mais conhecidas de propagação da doença é pela relação _____. Mas no caso de Dede, a doença se agravou por um problema genético do ex-pescador: seus anticorpos são incapazes de combater ou simplesmente deter o crescimento das verrugas.
dede2.jpg
dede2.jpg (33.63 KiB) Visto 29832 vezes


Em depoimento ao canal Discovery - que exibe nesta quinta um documentário sobre o caso - Gaspari diz acreditar que uma severo tratamento com vitamina A pode ajudar a determinar a origem do problema. "Quero levá-lo aos EUA para estudar o caso. Nunca vi nada assim antes."

Ele pode ter sua viagem aos Estados Unidos proibida pelas autoridades locais, informou a agência AFP nesta terça-feira.

A viagem seria para tratamento, mas o ministério da Saúde da Indonésia acredita que ela possa acabar em uma turnê "bizarra". "Nós não vamos dar aos médicos americanos a permissão para levar Dede aos Estados Unidos", disse a porta-voz do ministério, Lily Sriwahyuni Sulistiyowati, a um jornal local.


dede4.jpg
dede4.jpg (37.94 KiB) Visto 29848 vezes


"Além disso, as pessoas que gostam de Dede, especialmente as que vivem em pequenas vilas, não querem que ele vá embora, e especialmente que forneça amostras de sangue. Normalmente essas pessoas não permitem que estrangeiros façam qualquer tipo de teste em seu sangue", complementou.

Os primeiros exames realizados em Dede foram feitos pelo dermatologista americano Anthony Gaspari como parte de um documentário do canal Discovery. Ele acredita que o indonésio aparentemente sofre com uma variação do vírus do HPV, ou vírus do papiloma humano.

Uma das formas mais conhecidas de propagação da doença é pela relação _____. Mas no caso de Dede, a doença se agravou por um problema genético do ex-pescador: seus anticorpos são incapazes de combater ou simplesmente deter o crescimento das verrugas.

Gaspari disse acreditar que um severo tratamento com vitamina A pode ajudar a determinar a origem do problema e gostaria de levar o indonésio aos Estados Unidos para estudar o caso


Fonte: http://tc.hypescience.com/hype.asp?cod=6234
 
Eu em verdade vos digo, nada a declarar, acreditem se quiser.
 
Eu não acredito nisso, isso é uma pura montagem eu nunca ouvir falar nesse "Rapaz meio árvore"" nem em jornais e nem na TV !! :lol:
 
Eu nao sei direito se e verdade ou mentira.Se fo verdade so pode te sido alguma doenca,mais se foi uma mentira foi muito bem feita esse grafico.
 
Nossa sem palavras ... tõ horrorizada ...Deus permita que seja mesmo só uma montagem ...
 
AEUHAEUAHEUHAE
 
 
pode cree mo feiosoo !!
 
Sathya Mandir Escreveu:Nossa sem palavras ... tõ horrorizada ...Deus permita que seja mesmo só uma montagem ...



Acho que não é montagem
 
Homem árvore indonésio será operado novamente

Homem-arvore.jpg


Um indonésio de 37 anos, que sofre de uma grave doença que transformou suas mãos e pés em aglomerados de verrugas semelhantes a raízes de árvores, voltou a piorar quatro meses depois de receber alta de um tratamento médico. Dede Koswara deve passar por novas operações até o final de dezembro ou no início de 2009 para tentar remover e reduzir as verrugas. As informações são da Reuters.
O "homem-árvore", como ficou conhecido, estava esperançoso de que poderia se recuperar e encontrar um emprego depois de retornar para casa de um tratamento em agosto. Na época, os médicos removeram 6 kg de verrugas do seu corpo e ele passou a ser atendido em sua residência como paciente ambulatorial.

Homem-arvore.jpg
Após retornar para casa de tratamento médico em agosto, as verrugas do indonésio voltaram a aparecer
Homem-arvore.jpg (18.23 KiB) Visto 29065 vezes


Desde então, parece que o tratamento não surtiu o efeito esperado. "As (verrugas) que foram removidas estão crescendo novamente e começaram a reaparecer depois que voltei pra casa", afirmou Dede. Por algum tempo, Dede lembrou que pôde ir pescar e até mesmo utilizar um telefone celular, mas novamente passou a necessitar de apoio para realizar atividades diárias.

"Alertamos que a enfermidade poderia não ter 100% de cura. Na cirurgia inicial, tratamos somente de melhorar a sua qualidade de vida", destacou Rachmat Dinata, um dos médicos responsáveis pelo tratamento. Segundo ele, o paciente precisaria de pelo menos duas operações por ano.

Doença
o dermatologista americano Anthony Gaspari, que estuda o caso, informou há algum tempo que Dede aparentemente sofre com uma variação do vírus do HPV. O HPV, ou vírus do papiloma humano, infecta os queratinócitos da pele ou mucosas, e possui mais de 200 variações.

Uma das formas mais conhecidas de propagação da doença é pela relação _____. Mas no caso de Dede, a doença se agravou por um problema genético do ex-pescador: seus anticorpos são incapazes de combater ou simplesmente deter o crescimento das verrugas. Em depoimento ao canal Discovery - que exibiu recentemente um documentário sobre o problema - Gaspari diz acreditar que uma severo tratamento com vitamina A pode ajudar a determinar a origem do problema.

O indonésio começou a desenvolver a doença ainda na adolescência, após sofrer um profundo corte no joelho. A doença limitou a vida de Dede, que perdeu a mulher e o emprego desde que as verrugas começaram a crescer sem parar. Ele também tem dois filhos. "Não estou desesperado, mas quero me recuperar", desabafou ele em sua casa, na localidade de Tanjung Jaya.

Redação Terra

Fonte: http://noticias.terra.com.br/ciencia/in ... mente.html