•  
     

Qual devia para mim ser o dia das eleições?

Para mim as autárquicas e as legislativas deviam ter dias diferentes, mas não uns quaisquer. Tenho reparado que um velho amigo nosso, o flori-s (o spaceaye percebe), tem andado com pouco para inventar, e mete-se a espalhar tretas sem sentido nenhum sobre o Barack Obama pertencer à maçonaria e etc. Acho que lhe deviam voltar a dar algum trabalho para ver se ele se sente inteligente (ele e outros tantos com a mania da conspiração). Assim as eleições deviam ser no dia 11 de Setembro (as legislativas), e as autárquicas no dia 9 de Novembro. Motivos? Bem, 11 de Setembro é o mesmo que 11/09 e 9 de Novembro é o mesmo que 9/11. 9 é multiplo de 3, um dos números famosos dos Illuminati (este não sei o que quer dizer) e o 11 é o número Illuminati do controlo mental. Assim, ele teria muito que discutir sobre o futuro dos Portugueses, e podia dizer que a Manuela Ferreira Leite ou o Sócrates (depende de quem ganhar) pertencem à Maçonaria, e especular muita coisa que parece ter algum sentido, mas que na verdade é absurdo. Além disso, se o Sócrates ganhasse, ele podia dizer que também estava ligado à administração Bush, por ter cabelo cinzento (tal como o George W.), alegando coincidência a mais (devia a ter ganho as eleições no mesmo dia que o 11 de Setembro).
De qualquer maneira, ainda se pesca alguma coisa no 11 de Outubro. 11 é o número do controlo mental, e Outubro=10, e 10/2=5. 5 é um número satânico, associado a rituais dos Illuminati, e 2 é o número da dualidade, mas isso seriam contas a mais para a cabecinha do senhor flori-s. É um grande homem pois conseguiu ganhar duas guerras contra o seu fornecedor de Internet (deve ter muito que fazer deve...). Aliás, ele já teve em muitas guerras contra a TMN, contra o IRS, contra mim, contra o space aye, contra a cabovisão, contra tudo e mais alguma coisa. Um herói da nação. Devia liderar o PNR na minha opinião.


Já agora, é impressão minha, ou o Sócrates é mau actor? Sinceramente, naquela entrevista de ontem, aquele ar de chocado e de vítima não me convenceu.