•  
     

Projeto HAARP

O Projeto HAARP surgiu em 1993, no Alasca, Estados Unidos. Trata-se de um programa de estudos da ionosfera terrestre.

A sigla HAARP significa “Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência”. O objetivo desse projeto é entender o funcionamento das transmissões de ondas de rádio na camada da ionosfera para tentar aprimorar o funcionamento de sistemas de comunicação e navegação, como satélites.

O projeto foi bastante comentado por causa de possíveis motivações militares. A iniciativa é da Força Aérea Americana, da Marinha dos Estados Unidos e da Universidade do Alasca.

A região do Alasca foi escolhida para implementar o projeto graças à localização. No Alasca, a ionosfera é pouco estável, o que garante as condições adequadas para os estudos, e não existem cidades nas proximidades.

Os pesquisadores do HAARP querem com o estudo facilitar as comunicações e a navegação, melhorando principalmente os dispositivos de GPS.

O HAARP é considerado um aquecedor ionosférico do planeta, pois utiliza antenas de alta frequência para aquecer a ionosfera e criar uma aurora artificial muito aquecida, capazes de elevar as temperaturas em algumas regiões do planeta.

O projeto é visto com desconfiança por algumas pessoas, que afirmam que os Estados Unidos estariam trabalhando num aparelho que seria uma futura ameaça global.

O ex-presidente da Rússia, Vladimir Putin, é um dos que acreditam que os Estados Unidos estariam planejando interferir em todo o planeta, a partir de pontos isolados. Para ele, o HAARP seria uma arma geofísica capaz de controlar placas tectônicas, temperatura atmosférica e nível de radiação que passa pela camada de ozônio.

A manipulação desse aparelho poderia gerar problemas para várias populações, causando desastres naturais e insegurança. Alguns documentos já afirmavam que o HAARP é capaz de manipular a geofísica e ocasionar terremotos.

Uma outra teoria seria a de que o projeto estaria sendo feito para causar interferências nas ondas de transmissão, impedindo a comunicação e a utilização de dispositivos de localização em alguns países.

Apesar de tantas teorias, a única coisa certa sobre o HAARP é que ele contribui para os estudos da ionosfera terrestre.


Fonte : sitedecuriosidades
 
nuss.. man q loco
 
caiquew0w; Escreveu:nuss.. man q loco

Pois é temos que ficar de olho aberto.
 
CADEEEE A FONTE?
 
nem li kkk priguiça !
 
KnN Escreveu:CADEEEE A FONTE?

Mals manooo , esqueci de coloka !