•  
     

Professores cogitam votar suspensão da greve

Professores cogitam votar suspensão da greve


Votação deve acontecer em assembléia na tarde desta sexta-feira (4).
Professores querem receber os dias parados durante a greve.


A assessoria do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) informou que decidiu levar para votação em assembléia nesta sexta-feira (4), na Praça da República, região central de São Paulo, a proposta de votação de suspensão da greve. A decisão foi tomada em reunião realizada com representantes do governo na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo.


A votação deverá ser feita mediante o compromisso do governo do estado de pagar ao professores os dias parados durante a greve, estipular um calendário de reposição das aulas e abrir negociação sobre os demais pontos da pauta de reivindicação da categoria, principalmente em relação ao decreto 53.037/2008, que altera remoções, substituições e contratações temporárias da categoria.

De acordo com a assessoria da Apeoesp, os representantes do governo estadual que participaram da reunião não possuem autonomia para definir um acordo. Eles irão levar a proposta para o governo, que deverá dar uma resposta até terça-feira (8). Caso a resposta do governo seja negativa, a Apeoesp informou que retomará a greve.



Por volta das 16h40, segundo a assessoria do sindicato, os respresentantes ainda estavam na sede do TRT fechando os últimos pontos do possível acordo. Em seguida, eles devem ir para a Praça da República para a votação em assembléia da proposta de suspensão da greve.



Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0 ... 05,00.html