•  
     

Processadores AMD: descubra quais os modelos vendidos na atu

Descubra quais os modelos de processadores AMD da atualidade, incluindo seus principais usos

A AMD é bastante conhecida pela grande participação mundial no mercado de processadores, sempre liderando este ramo juntamente com a Intel. Para que seja possível aproveitar todo o potencial dos diversos hardwares disponíveis no mercado, a AMD possui vários processadores distintos, cada um se adaptando de melhor forma à um tipo de maquina específica.

Modelos como o Sempron e o Athlon são bastante conhecidos, principalmente por já estarem há anos no mercado. Entretanto, muitos usuários nem sabem da existência do “Phenom”, “Turion” e “Opteron”, modelos de CPUs lançados pela AMD não muito divulgados.

Por esse motivo, vamos abordar neste artigo as principais características de cada processador, assim como seus usos mais recomendados. Desta maneira, você ficará por dentro de todas essas tecnologias, compreendendo claramente a utilização de cada uma das CPUs apresentadas aqui.

Athlon

Dentre todos os processadores fabricados atualmente pela AMD, o Athlon é o mais antigo, estando no mercado deste Junho de 1999. Ele pode ser classificado como o modelo padrão deste fabricante, pelo fato de possuir grande parte das tecnologias mais avançadas, mas ainda com um preço acessível.


imagem.jpg
imagem.jpg (26.67 KiB) Visto 1684 vezes


Com o passar dos anos, o athlon foi incorporando todos os recursos de última geração de cada época, sendo uma constante evolução durante todo esse tempo. Como todas as CPUs atuais desenvolvidas pela AMD, o Athon pode trabalhar tanto com 32 quanto 64 bits, de maneira muito eficiente. Por esse motivo, este processador também é conhecido por athlon64. Atualmente, existem versões que utilizam um único núcleo, dois, assim como a tecnologia quad-core (quatro núcleos trabalhando de forma conjunta).
Existem várias linhas de produções do Athlon, sendo que cada uma delas mantém uma particularidade comparado com as outras. Por exemplo, podemos começar falando sobre o “Athlon 64 X2”, a versão mais comercializada desta CPU na atualidade, que trabalha com dois núcleos ao mesmo tempo. É o athlon mais recomendada para o uso comum do dia-a-dia.
Já o “Athlon 64 FX” utiliza todo o potencial da tecnologia quad-core, utilizando o processamento de quatro núcleos ao mesmo tempo. Essa linha de produção é a mais potente do modelo Athlon, recomendada para a execução de aplicações pesadas.
Não sendo fabricado mais, o “Athlon XP” também merece uma menção honrosa no nosso artigo, pois foi comercializado por muito tempo e muitas pessoas ainda o utilizam em seus computadores. Ele trabalhava com somente um núcleo.
Caso você necessite comprar uma máquina para propósito geral, mas sem gastar muito dinheiro, o processador AMD Athlon é uma ótima opção, principalmente pelo seu ótimo custo benefício.

Sempron

imagem.jpg
imagem.jpg (12.49 KiB) Visto 1684 vezes


O Sempron é basicamente uma versão simplificada do athlon, desenvolvido para mercados de baixo custo. Lançado em Julho de 2004, substituiu a linha de produção do processador Duron, que até aquele momento, era a opção mais acessível da AMD, do ponto de vista financeiro.

A princípio, o Sempron não vem equipado com a tecnologia dual-core, portanto, só é possível encontrar modelos com um único núcleo. Contudo, esse processador utiliza, como todos desse fabricante, tanto a computação de 32 bits assim como a de 64 bits. Outra grande característica desta CPU é o suporte à vários sockets distintos, em outras palavras, funcionando em muitas placas mães, inclusive modelos mais antigos.

Se você for em liquidações de lojas de eletrodomésticos, ou então de supermercados, noventa e nove por cento dos processadores AMD vendidos lá são Sempron, visto o público alvo deste ramo.
Logo, máquinas equipadas com essa tecnologia são recomendadas para uso leve, como a navegação na Internet. Jogos atuais não desempenham um bom papel se executados sobre ele.

Phenom

Para gamers entusiastas e usuários que desejam o melhor desempenho em questão de processamento, sem sombra de dúvidas, Phenom é a melhor opção da AMD. Possuindo várias versões de lançamentos, pode funcionar com dois, três e quatro núcleos.

imagem.jpg
imagem.jpg (16.77 KiB) Visto 1682 vezes


Phenom aproveita ao máximo todo o potencial 64 bits de processamento, possuindo todos os recursos de última geração em seu ramo de atuação, como o suporte às memórias DDR3. Além disso, também opera com 32 bits de forma eficiente. Ele possui uma ótima integração com o Windows Vista, gerenciando muito bem a delegação de tarefas para seus vários núcleos.
Do mesmo modo como acontece com o Athlon, o Phenom tamém possui várias linhas de produções. A primeira delas, o “Phenom X3”, possui uma característica muito curiosa: trabalha com três núcleos ao mesmo tempo, o que é nada comum para CPUs. Por sua vez, o “Phenom X4” utiliza a tecnologia quad-core, portanto, quatro núcleos trabalhando em paralelo.
Tanto o “Phenom X3” como o “Phenom X4” são processadores top de linha, contudo, a AMD anunciou um novo modelo que será lançado ainda no primeiro semestre de 2009, o “Phenom FX”. Ele trabalha com quatro núcleos, possuindo a quantidade absurda de 6 MB de cache L2 (o maior valor encontrado atualmente no mercado).
Em quaisquer das versões demonstadas acima, todo o potencial do Phenom exige um altíssimo investimento, inclusive a aquisição de uma máquina completa que esteja à altura de aproveitar toda a sua performance. Por esse motivo, computadores equipados como processadores Phenom são encontrados quase que exclusivamente em lojas específicas e especializadas em informática. Caso você não necessite tanto processamento, talvez o custo benefício aplicado em sua compra não seja muito compensador.

Turion

imagem.jpg
imagem.jpg (15.58 KiB) Visto 1684 vezes


Turion é o modelo fabricado pela AMD desenvolvido especialmente para uso em notebooks. Seu principal objetivo é uso otimizado de energia, prevenindo o desgaste de baterias. Além disso, esta CPU também administra as suas tarefas de forma eficiente, usando dois núcleos (dual-core) para o processamento.

A principal característica desta CPU é o chamado “trabalho sobre demanda”, que consiste na diminuição do ritmo de trabalho quando não necessário. Por exemplo, se as aplicações que estão sendo executadas não necessitam muito processamento, o Turion não irá trabalhar em sua capacidade máxima, deste modo preservando energia. Rodando programas de 32 e 64 bits, ele possui um desempenho excelente em laptops.

Existem versões do Athlon e do Sempron desenvolvidas para notebook, contudo, elas não trabalham de maneira espetacular quanto o Turion.

Opteron

Apresentando o último modelo, vamos falar sobre o Opteron, CPU da AMD desenvolvida para servidores e estações de trabalho que exigem uma grande quantidade de processamento. Ele pode operar até com oito núcleos, dependendo de sua versão de lançamento. Funciona de maneira bastante eficiente em ambos os modos 32 e 64 bits.
Este modelo foi designado para trabalhar com tarefas que acessam o processador à todo momento. Por exemplo, hospedagem de sites, acessos a banco de dados e ambientes de transferência (streaming) necessitam muito processamento toda hora. Em CPUs comuns, pode ocorrer um estresse muito grande nessas tarefas, chegando a travar o processador. Já o Opteron evita todos esses problemas, gerenciando o computador de maneira eficiente em momentos de apuro.

imagem.jpg


Placas mães suportadas

Para que seja possível aproveitar todo o potencial dos processadores AMD, é necessário uma placa mãe que suporte o socket AMD2+, o qual é utilizado por todas as CPUs que trabalham com pelo menos dois núcleos, descritas neste artigo. Um exemplo de placa suportada é a Asus M3A76-CM, consistindo em um dos melhores modelos do mercado desenvolvidos para esse propósito. Existem várias outras motherboards que oferecem esse suporte.

No caso do Phenom FX, ele poderá funcionar em uma placa AMD2+, contudo, para que o seu desempenho atinja o máximo possível, é necessário uma motherboard com suporte ao socket AMD3. Um exemplo é a Asus M4A79 Deluxe.

Cotação dos processadores

Finalizando nosso artigo, vamos apresentar uma pequena tabela dos preços de alguns dos processadores apresentados acima, contabilizados no próprio site da AMD. Foi utilizado a cotação do dólar do dia 20 de janeiro de 2009, quando U$ 1,00 possuía o valor de R$ 2,33.

imagem.jpg


Como pode ser observado acima, quanto mais avançado o modelo, mais caro ele é. Portanto, caso você for comprar algum processador da AMD, verifique o que melhor satisfaz às suas necessidades, para não adquirir um equipamento caro sem aproveitar todo o seu benefício.




Fonte: http://freware.blogspot.com/2009/04/pro ... is-os.html