•  
     

Presidente do Olodum lamenta a morte de Michael Jackson

Ele foi muito importante para o sucesso do Olodum", diz João Jorge.
Cantor esteve no Pelourinho, em Salvador, em 1996.

0,,21193944-EX,00.jpg



O presidente do Olodum, João Jorge Rodrigues, lamentou a morte do cantor Michael Jackson na tarde desta quinta-feira (25). Ele acompanhou o músico durante a gravação de um clipe em Salvador, na década de 1990.

"Ele foi um grande representante afro-americano muito importante. Ele fez um trabalho incrível e se tornou uma lenda", disse Rodrigues

O representante do Olodum estava em um evento de cultura negra em Brasília quando soube da morte do cantor. "A passagem dele por Salvador, especialmente no Pelourinho, foi de uma relevância enorme para o Olodum. Colocamos cerca de 215 percussionistas para tocar com ele. Antes, o grupo já tinha tocado com o Paul Simon e daí falamos com o Spyke Lee para gravar com ele também."

0,,21194007-EX,00.jpg


Segundo Rodrigues, o trabalho com Michael Jackson levou o nome do Olodum para mais 181 nações pelo mundo. "O Olodum foi ouvido por mais de 5 bilhões de pessoas no mundo todo por causa do trabalho que ele fez com a gente. Foi uma visibilidade gigante."



A morte

Um legista confirmou a morte do cantor Michael Jackson nesta quinta-feira. O cantor, que estava com 50 anos, foi levado às pressas para o hospital UCLA Medical Center na tarde desta quinta-feira. De acordo com o jornal "Los Angeles Times", ele não estava respirando quando os paramédicos chegaram à sua casa. Eles realizaram reanimação cardiopulmonar no local antes de conduzir Jackson para o hospital.


FONTE: http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,, ... CKSON.html