•  
     

Polícia usa cães para tentar encontrar corpo de engenheira

Polícia usa cães para tentar encontrar corpo de engenheira

Patrícia Amieiro está desaparecida desde 14 de junho.
Também estão sendo feitas buscas marítimas do Rio à Região dos Lagos.


Na manhã desta sexta-feira (11), policiais da Divisão Anti-Seqüestro (DAS) fizeram, com o auxílio de cães farejadores, buscas em dois pontos de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, para tentar encontrar o corpo da engenheira Patrícia Amieiro, de 24 anos, desaparecida desde a madrugada de 14 de junho.



Os policiais retornaram ao local conhecido como Estrada do Urubu, próximo do pavilhão de convenções Riocentro. Na quinta-feira (10), em buscas aérea e terrestre, os policiais nada encontraram.

Os agentes com cães também estão fazendo buscas na região da comunidade da Fontela, na Estrada dos Bandeirantes. Mas até o final da manhã, nada tinha sido encontrado.

Além das buscas por terra, segundo o delegado DAS, Marcos Reimão, o Grupamento de Buscas e Salvamento (GBS) começou na manhã desta sexta-feira (11) uma grande operação na orla do Rio à Região dos Lagos para tentar achar o corpo da engenheira.

“O mais complicado dessa investigação é que não temos ainda sequer certeza de que a vítima está morta”, disse o delegado Reimão.

A engenheira voltava para casa, onde morava com os pais, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, quando seu carro desceu uma ribanceira e caiu no Canal da Barra, à saída do Túnel do Joá. Patrícia está sumida desde então. No carro dela, a polícia encontrou três perfurações de balas dos calibres ponto 40 e 9mm ou 380.

http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL ... HEIRA.html