•  
     

Polícia divulga balanço das ações em Paraisópolis; ao menos

SÃO PAULO - A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo realiza desde o último dia 4, na favela de Paraisópolis, uma operação para "reestabelecer a segurança na segunda maior favela do Estado". Até às 19h de quarta-feira, um homem foi preso por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas e dois menores apreendidos.

No fim da tarde da última segunda-feira, moradores da região atearam fogo em diversos veículos e depredaram estabelecimentos nas ruas da favela. Para impedir a entrada da polícia, foram montadas barricadas. Seis pessoas ficaram feridas.

Além das prisões, foram apreendidos 1,7 quilos de maconha, 72 papelotes de cocaína, 75 comprimidos de ecstasy e nove máquinas caça-níqueis. A fiscalização aconteceu em 57 veículos, 111 motos e sete estabelecimentos comerciais. Ao menos 402 pessoas foram abordadas.

paraisopolis_brasil.jpg
Policiamento na favela Paraisópolis, na zona sul de São Paulo
paraisopolis_brasil.jpg (34.25 KiB) Visto 816 vezes


De acordo com a SSP, ainda não há previsão para o término da operação da polícia em Paraisópolis, que conta com cerca de 400 policiais integrantes dos quatro batalhões, 20 cavalos, quatro cães, 100 viaturas e um helicóptero.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2 ... 58966.html