•  
     

Pink Zinic anuncia iReNuKa

Todos sabem da situação complicada pela qual passam os times femininos no Brasil. Apesar de estar longe das oportunidades do cenário masculino, o Counter-Strike para meninas em outros países é mais reconhecido, tem mais prestígio, apoio e competições. Pode-se dizer que o Pink Zinic é uma organização bem sucedida neste ramo e hoje passou por uma mudança em sua formação após meses com uma line estável.

O Pink Zinic anunciou a saída da norueguesa Anette “Cazzidy” Skarderud que, por motivos pessoais, decidiu abandonar o game após não ter participado da Major Series IV, que aconteceu durante a gamescom, na Alemanha. Impedida também de ir ao Pan-European Tournament, ela preferiu deixar o time.

Para substituí-la nos próximos campeonatos, o Pink Zinic confirmou Irene “iReNuKa” Sanchez, espanhola de 25 anos que estava no Bad Girls Clan, como a mais novo integrante do time. A mudança não é surpresa para quem acompanha o cenário feminino, visto que a jogadora atuou pela equipe nas finais da Major Series no lugar de Cazzidy e ajudou o Zinic a ser campeão com uma vitória sobre o ALTERNATE.

“Estamos convencidas da força e da habilidade de Irene. Ela será capaz de trazer novos ventos e energia para o time e melhorar nosso jogo. Além disso, ela trará muita experiência que adquiriu sendo ativa há mais de dez anos no cenário. Ela estará em ação com o Zinic pela primeira vez no início de outubro no Cybersports female Counter-Strike tournament na Polônia”, diz um comunicado no website da organização.

Pink Zinic
Sophie “inzane” Regner
Mayra “IpSa” Perez
Irene “iReNuKa” Sanchez
Sofie “nisse” Adolfsson
Zainab “zAAz” Turkie