•  
     

Pílula pode influenciar escolha feminina

Pílula pode influenciar escolha feminina

69820.jpg


Cientistas da Universidade de Liverpool divulgaram estudo que afirma que o uso de pílulas anticoncepcionais pode influenciar as mulheres no momento da escolha do parceiro. De acordo com a pesquisa, divulgada pela rede BBC nesta quarta-feira, isso aconteceria porque a droga tem o potencial de alterar o olfato das usuárias – sentido importante na escolha do parceiro "geneticamente adequado". A alteração provocada poderia, então, trazer riscos de infertilidade e até mesmo ao bebê, em caso de gravidez.

Os pesquisadores acreditam que as mulheres são naturalmente atraídas por homens que são geneticamente diferentes delas. Em termos de evolução, o mecanismo é útil porque garante que os filhos vão herdar uma gama mais ampla de genes e ter sistema imunológico mais forte: um homem considerado atraente por uma mulher provavelmente tem um sistema de genes de imunidade diferente.

Uma das chaves desse sistema de atração é o olfato. Os especialistas dizem que a escolha de um parceiro é determinada por feromônios, sinais químicos quase sem cheiro.

Na pesquisa, pediu-se a voluntárias que cheirassem odores corporais masculinos e indicassem suas preferências antes e depois do uso da pílula. Os resultados mostraram que as mulheres que tomavam o anticoncepcional mudaram sua preferência para homens que eram geneticamente mais similares a elas.

Os cientistas envolvidos na pesquisa acreditam que isso pode levar a problemas de fertilidade e a um aumento do número de abortos involuntários, pois parceiros geneticamente semelhantes têm menos chances de reproduzir. Segundo eles, a teoria pode ainda ajudar a explicar rupturas em relacionamentos, pois a percepção do odor tem um papel importante em manter a atração entre parceiros.

Fonte: http://vejaonline.abril.com.br/notitia/ ... 8734280000