•  
     

Pieter Bruegel o velho

Pieter Brueghel, "O Velho" (Breda, 1525/1530 — Bruxelas, 9 de setembro de 1569) foi um pintor Flandres, célebre por seus quadros retratando paisagens e cenas do campo.

Pieter Brueghel, conhecido como Pieter Brueghel, "O Velho" (para distinguí-lo de seu filho mais velho), foi o primeiro de uma família de pintores flamengos. Assinou como Brueghel até 1559, depois seus filhos retiraram o "h" do sobrenome.

"O Velho", considerado um dos melhores pintores Flandres do século XVI, é o membro mais importante da família. Provavelmente nasceu em Breda, nos Países Baixos (popularmente conhecida como Holanda[1]).

Foi admitido como mestre na guilda de São Lucas com 26 anos, em 1551, e aprendiz de Coecke Van Aelst, artista de Antuérpia, escultor, arquiteto e "designer" de tapeçarias e vitrais. É nesta altura que Brueghel viaja para a Itália, onde produz uma série de pinturas, a maior parte das quais representando paisagens. Sua primeira obra assinada e datada foi produzida em Roma, em 1553.

Em 1553, se estabeleceu em Antuérpia e dez anos depois mudou para Bruxelas permanentemente. Casou-se com Mayken em 1563, filha de Van Aelst, seu mestre.

Os seus quadros, que realçam o absurdo na vulgaridade, estão no entanto plenos de animação e pequenos detalhes, expondo as fraquezas e loucuras humanas. Sua fama cresceu através das gravuras publicadas por Cock, mas a sua paixão pela figura humana (não abandonando, no entanto, o seu interesse pelas paisagens) tornou-o o mais representativo pintor flamengo do século XVI.


BruegelPortrait.jpg
Suposto auto-retrato (ca. 1565)





Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pieter_Brueghel_o_velho