•  
     

Patrimônio fantasma

O Arquivo Público, situado na rua do Imperador, bairro de Santo Antônio, construído em 1731 para ser a Casa da Câmara e Cadeia da cidade. ali vagam pelas salas e corredores o espectro Frei Caneca, um escravo acorrentado e outros personagens vestindo roupas antigas. Na rua dos Coelhos, o antigo Hospital Pedro Segundo, fundado em 1861, atual sede de órgãos administrativos da Secretaria Estadual de Saúde, também tinha uma freira fantasma prenunciadora da morte pacientes terminais, uma mulher de branco, um rapaz sorridente, um velho, uma criança. Apesar de já ser um hospital, o prédio ainda é considerado lugar assombrado onde se ouvem passos, risadas e outros ruídos estranhos.
Outros redutos de fantasmas em Recife são: a Praça Chora Menino, palco de numerosas mortes trágicas desde o século XVI, os casarões do arraial Poço da Panela, o Teatro Santa Isabel, as margens desertas do rio Capibaribe, cujas águas foram sepultura para os afogados, cúmplices do desespero de suicidas.


foto-fan.jpg
foto-fan.jpg (62.47 KiB) Visto 108 vezes



Fonte: http://jornale.com.br/wicca/?p=1158
 
Nossa!!! :shock: