•  
     

Parasitas querem aumento de salário!

38799_p_4.jpg
Parasitas querem aumento de salário!
38799_p_4.jpg (3.76 KiB) Visto 217 vezes


Os passeios efetuados por Benedita e Agenor em viagens talvez às custas do farto cofre público sem interesse por parte da nação, as visitas de Lula ao estrangeiro para demagogicamente perdoar dívidas externas (quem perdoa as nossas?) bem como plano para construir galinheiro de luxo no planalto, trouxeram à tona o desperdício que temos com elementos que deveriam em troca de elevados salários, produzir mecanismos para atenuar as necessidades do povo que não tem onde cair morto. A compra de novo avião para manter Lula deslumbrado, enquanto seus "assessores Waldomiros" repartem nossas riquezas entre os abutres estrangeiros, também nos deixam perplexos. E as imorais convocações extras do Congresso escancaram a forma como desrespeitam o eleitor/contribuinte/______ que não possui iniciativa para se agregar e exigir que nossos destinos sejam comandados com honestidade e equilíbrio. E os Deputados faltosos (os que emendam feriados e somem do Planalto) se mostram indignados com o anúncio do corte do ponto pelos dias que faltaram ao trabalho (na verdade trazem economia ao país com sua ausência). Diante deste bando atual que gerencia nossa pátria, Collor pode ser rotulado de "santo".

O atual salário (arredondado por baixo) de R$ 12.000,00 / R$ 15.000,00 não está sendo suficiente para que os "palermas elementares" (defuntados e sentadores) possam ter uma vida digna! Eles devem estar com uma crise de amnésia por estarem desconsiderando as mordomias de que desfrutam: passagens aéreas, cotas de correios, apartamentos funcionais, auxílio-combustível e outras regalias menos votadas (fora a parte do salário que seus assessores devem doar ao padrinho). Eles também esquecem do policial que arrisca a vida por menos de R$ 1.000,00, dos médicos e professores obrigados a fazerem greves para receberem três ou quatro meses de salários atrasados e principalmente da população (mais de 80%) que sobrevive com menos de R$ 350,00 (além dos desempregados pelos quais aqueles debochados nada fazem para criar oportunidades).

Se alguém tiver tempo e paciência em realizar um levantamento mais detalhado sobre os gastos que a nação tem anualmente com seus governantes (do Planalto ao mais pobre Município) e as estruturas para lhes dar confortos, certamente vai nos deixar horrorizados com o resultado de tal processo, considerando que os benefícios obtidos são mínimos. Os projetos sobre melhoras na educação, saúde, segurança e emprego mofam nas gavetas dos comandantes das "casas". São atropelados por aqueles que atendem aos bancos, empresários e aos abutres que desejam meter a mão (e o corpo todo) em nosso patrimônio.

Aqui, apenas faremos uma estimativa modesta, considerando valores por baixo, para que não nos acusem de injustiças. E só vamos abranger a esfera federal (Deputados e Senadores). Imaginem se incluirmos os valores relativos a cada Ministério, Estado e Município! Morreremos indignados ou daremos início já à revolução (que não deve demorar mais de 20 anos) para expurgar os ratos que contaminam os belos salões do poder comendo caviar enquanto o pobre faz sopa de cacto ou cheira cola.

Consideremos 500 (estou dando 3 de lambuja) Deputados Federais e 80 Senadores (mais uma lambuja). Salários diretos de R$ 12000,00 e R$ 15000,00 respectivamente. Observemos os gastos mensais destes "artistas", que antes das eleições representam com galhardia o papel de defensores dos oprimidos, abraçando estivadores suados, cozinheiras engorduradas, garotos com _______, andando a pé em praças cheias de mendigos e montando em jegues cheios de carrapatos.

500 x R$ 12000 = R$ 6.000.000,00
80 x R$ 15000 = R$ 1.200.000,00
Viagens, gasolina, moradia, hospedagem, alimentação, etc
580 x R$ 15000 = R$ 8.700.000,00
Se cada um levar apenas mais um assessor, gastaremos mais R$ 8.700.000,00
Imagine se cada elemento possui em média 15 assessores (viram como estou sendo gentil?). São mais 3480 pessoas com um salário médio de R$ 3600,00 (a grande maioria assina um recibo deste valor e entrega metade ao seu feitor). Isto nos dá mais um gasto de :
3480 x R$ 3600 = R$ 12.528.000,00
Até aqui, totalizamos a bagatela mensal de R$ 37.128.000,00
Ao longo de 12 meses, o gasto é de 12 x R$ 37128000 = R$ 445.536.000,00
Décimo terceiro de Deputados Federais e Senadores : R$ 7.200.000,00
Décimo terceiro dos 3480 aspones : R$ 12.528.000,00
Jetons nos dois períodos em que estão de férias (o valor é dobrado) :
Deputados Federais : 500 x R$ 48000 = R$ 24.000.000,00
Senadores : 80 x R$ 60000 = R$ 4.800.000,00

Valor anual total (muito por baixo) R$ 494.064.000,00

Percebeu? Meio bilhão de Reais apenas com 580 pessoas que vegetam pelos corredores atapetados e aclimatados do Planalto. Você tem coragem de somar os valores gastos em cada Estado e em cada Município? Sua máquina de calcular vai enlouquecer antes de você!

Este valor (não esqueça que está abaixo da realidade – e ainda não consideramos os gastos com a estrutura para manter o Congresso funcionando!) teria de trazer um retorno significativo à nação em termos de medidas que nos dessem oportunidade de preservarmos nossa dignidade e nossa qualidade de vida. Por estes valores, quantas horas os "dedicados" senhores deveriam trabalhar por ano a favor da nação? No mínimo, 50% a mais que um trabalhador médio que é escravizado pelo sistema ora em vigor e que os "devotados" se esmeram para manter em perfeito funcionamento a mando do patrão lá do Norte.

Nota: efetivamente fui modesto nos cálculos, pois já recebi recados mais recentes que indicam gastos com outras rubricas e fazem o total mensal ultrapassar R$ 1 BI com estes parasitas.

Fonte: http://aipaf.blogspot.com/2006_11_01_archive.html
 
aff parasitas ? eles n devem ganhar nada