•  
     

Os 11 principais mandamentos de Warren Buffett

warren-buffett.jpg
warren-buffett.jpg (18.61 KiB) Visto 151 vezes


No fim da década passada, muitos foram os que o criticaram, o consideram ultrapassado e defasado, justamente porque ele se negou a comprar ações de empresas de tecnologia. Mas ele se manteve firme em seu "placar interno", ele nunca esteve nem aí para os outros.

Quando a bolha no setor de tecnologia estourou, ele foi aclamado, justamente porque ele conhece e sabe que os fundamentos dos investimentos em ações são sempre os mesmos. Ele tem o incrível poder de compreender o mercado e dificilmente erra. Há quem já tenha pago milhões em troca de jantar uma noite com ele. O dinheiro, é claro, foi doado para instituições de caridade.

Por isso resolvi escrever este post e escolhi 11 dos principais mandamentos do mito que se chama Warren Buffett:


1) Invista somente nas empresas cujo o negócio você conheça;

2) Não diversifique. Invista sempre grandes somas em poucas e boas ações;
Coloque muitos ovos em poucas sextas certas.

3) Compre empresas únicas naquilo que fazem;
Essas empresas em geral não tem concorrentes à altura a ponto de colocar em risco os seus negócios.

4) Procure comprar empresas cujo os produtos sejam necessários;
Se são necessários dificilemente sofrerão grandes impactos nos períodos de crise.

5) Não compre empresas do setor aéreo;
Em geral morrem rápido. São muito poucas as que conseguem sobreviver por muito tempo.

6) Evite comprar papeis de empresas do setor de alta tecnologia;
Essas empresas vivem de inovação tecnológica e geralmente precisam investir muita grana em pesquisas comprometendo o seu fluxo de caixa.

Algo semelhante acontece com as empresas do varejo, devido a alta concorrência elas são obrigadas a trabalhar sempre com margens muito apertadas comprometendo o fluxo de caixa.

Isso também acontece com as empresas de construção civil. Devido ao alto custo para produzir elas também trabalham com margens apertadas. Warren diz que em geral as empresas de construção civil não sobrevivem à morte de seus fundadores.

7) Compre empresas cujo a gestão seja eficiente, transparente e eticamente reconhecida;

8) Pense no longo prazo;

9) Compre empresas que possuam boa geração de fluxo de caixa;

10) Procure comprar ações de empresas que qualquer um pessoa possa administrar;
Empresas como a Apple se encaixam neste quadro. Apesar de ser uma empresa formidável. Não sei o que aconteceria se o Steve Jobs morresse.

11) Somente compre empresas que estejam desvalorizadas, seja em relação ao presente, seja em relação ao futuro;
Esse é o grande truque. Os que conseguirem acertar isto serão os mais bem sucedidos.

Fonte : http://financialmania.blogspot.com/2009 ... arren.html