•  
     

[Download] Organiza-se...

StandaloneStack 2.0.7

"A modernidade do Mac OS X no Windows: adicione uma Barra de atalhos e dê vida nova ao seu desktop."
Imagem

Uma das novidades do novo Mac OS X Leopard é o formato dos menus, que além de estilosos são bastante práticos, pois possibilitam a organização de um menu com rápido acesso às pastas e aos arquivos mais utilizados por você. São os chamados stacks (menus em pilhas), que chegam ao Windows com o StandaloneStack.

Este programa lhe dará a chance de ter menus bem mais simples e ao mesmo tempo mais organizados, facilitando o acesso aos arquivos e pastas que você mais usa. Tudo isso com apenas alguns cliques, sem ocupar muito espaço ou poluir a sua Área de trabalho.

Quando você clica no ícone do menu pilha, os arquivos e pastas saltam a partir dele em forma de grade ou leque, igualzinho ao que acontece no Mac OS X Leopard.

Fazendo o StandaloneStack funcionar

Para que você possa utilizar os benefícios do StandaloneStack será primeiro necessário descompactar o arquivo baixado em alguma pasta e executar o de nome StandaloneStack 2. Feito isso você poderá criar novos stacks e configurar a maneira como eles serão visualizados, podendo escolher o tipo, cor e espaçamento da fonte, cor de fundo, tamanho dos ícones, transparência e até mesmo definir novos ícones para determinados tipos de arquivos.


Criando um novo stack


Selecione a opção “New Stack” dentro do menu “My stacks” à esquerda, preencha “Stack name” com o nome desejado para o stack e insira em “Path” o local do seu computador onde se encontra a pasta a ser aberta.
Imagem

Agora escolha se o stack será aberto em leque (“Stack”), grade (“Grid”) ou se isso será definido automaticamente (“Auto”, porém tal opção parece não funcionar), para então definir a direção do monitor na qual o stack será aberto: superior (“Up”), inferior (“Down”), esquerda (“Left”) ou direita (“Right”). Além disso, escolha o número de itens a serem mostrados, o tipo de organização dos arquivos e se a opção “Show in Explorer” (Mostrar no Windows Explorer) será sempre mostrada ou não.

Imagem

Terminado tudo isso, basta clicar em “Create Stack” para gerar seu novo stack e selecionar “Create shortcut on desktop”, caso você queira um atalho para abrir seu stack na Área de trabalho (para apagá-lo, clique em “Delete Stack”).

Imagem

Configurando opções gerais

Supondo que você tenha tido a curiosidade de testar seu novo stack e percebido que ao clicar fora de qualquer opção contida nele a “criatura” desaparece sem motivos, ensinaremos como fazer com que o desaparecimento pare de acontecer.

Novamente, abra o arquivo StandaloneStack 2 e clique em “Options”, abaixo de “General settings”. Nesse menu será possível fazer com que arquivos de vídeo sejam animados após determinado tempo (“Animate video thumbnails”), usar ícones personalizados (“Use custom icons”), esticar os ícones do seu stack (“Stretch icons”) e manter o StandaloneStack na memória do seu computador para que uma posterior inicialização dele seja mais rápida.

Imagem

Além disso, pode-se escolher o que a ação de um clique ou um “Ctrl + clique” faz quando realizada sobre um ícone dentro de um stack. A primeira opção é fazer com que ele seja aberto no próprio stack (“Open folder in the stack”), já a segunda define que ele será aberto pelo Windows Explorer (“Open folder in explorer”).

Por fim, é possível definir se arquivos escondidos serão mostrados (“Show hidden files”) e se seu stack não será fechado caso algum clique seja dado fora dele (“Don’t close “stack” on focus lost”). Caso a última opção seja marcada, seu stack será fechado somente quando você executar novamente o seu atalho ou se um arquivo for aberto.

Mudando cores, fontes e tamanhos

Essa alteração dependerá do tipo de stack que você criou (lembrando que mais de um pode ser criado, cada qual com a sua configuração), pois o que estiver em leque será alterado com as opções de “Fan settings”, enquanto aquele em grade, pelas de “Grid settings”.

Imagem

“Fan settings” e “Grid settings”

Até a opção “Back color” ambas as configurações se referem, respectivamente, às mesmas coisas: tamanho do ícone, duração do efeito de abertura de pastas, o tipo e o tamanho da fonte, a cor do texto e a cor anterior ao texto (assim como a transparência delas). Porém, daí em diante elas diferem dependendo do tipo de stack.

No caso de um modelo em leque será possível alterar o espaçamento e a as margens do texto, assim como o ângulo de inclinação do leque.

Imagem

Já no caso de um stack em grade será possível alterar as cores de exibição da caixa ao fundo, o espaçamento do texto e dos ícones, tanto horizontal como verticalmente.

Imagem

Vídeo demonstrativo

Caso as explicações acima tenham servido pouco para que você entenda como o StandaloneStack funciona, carregue o vídeo abaixo e descubra as vantagens de usá-lo!

Vale notar que o vídeo mostra as configurações da primeira versão do StandaloneStack, porém somente as configurações mostradas nele é que mudam de uma versão para a outra, pois de resto o serviç continua funcionando e sendo mostrado (assim como no vídeo):



Fonte:BaixaKi