•  
     

O que é pop-in?

Aprenda um pouco mais sobre os games que atrasam para exibir elementos do cenário, como árvores e prédios.

Quem nunca jogou um game e conseguiu perceber que o cenário parecia atrasar para exibir elementos como árvores, carros, prédios e diversos outros objetos ou pessoas? Este tipo de defeito, que leva o nome de pop-in, sempre esteve presente nos jogos, principalmente quando os títulos em três dimensões passaram a fazer parte do mercado.

Antes de continuar falando a respeito dessas falhas, nada melhor do que situá-las através de um vídeo, que exemplifica, de forma bastante visível, do que este artigo trata. O jogo exibido logo abaixo é o Mercenaries 2, para o PS2, uma verdadeira obra prima em questão de erros e pop-ins.

Quem é aficionado por jogos há de convir que não há nada mais irritante que bater o carro em uma parede que, momentaneamente, não existe! O atraso, que na maioria dos games é muito sutil, pode acontecer de forma grotesca, como no vídeo exibido acima.

Por que acontece?

Um dos grandes desafios no desenvolvimento de um game é aliar velocidade de exibição aos melhores gráficos possíveis, o que, em muitos casos, acaba sendo um fracasso. Por esse motivo, os pop-ins aparecem, na maioria das vezes, em jogos em que o cenário é muito extenso ou naqueles em que o jogador o atravessa rapidamente, como em games de corrida.

No entanto, na maioria das grandes produções, esses detalhes são muito sutis e não interferem em nada no aproveitamento dos games. Só mesmo jogadores muito exigentes achariam defeitos ao olhar para elementos muito distantes, o que acontece em games como o novo PURE.

Computadores

O atraso na exibição de elementos do cenário ocorre de forma semelhante nos jogos de computador, mas a gama de opções referentes à qualidade do vídeo nos jogos no PC permite algumas alternativas para contornar a situação, o que depende, é claro, da potência de sua máquina.

Como um bom exemplo, podemos citar os últimos títulos da série GTA, que contém uma função para ampliar o campo visual do personagem em relação ao cenário, exibindo elementos mais distantes, o que dificulta o aparecimento de pop-ins perceptíveis durante o jogo.

Como amenizar

Além dessas configurações, a maneira mais inteligente que os desenvolvedores encontraram para amenizar os erros é exibir elementos distantes com texturas simples ou monocromáticas, o que demanda menos recursos do computador ou console.

Desta forma, o que o jogo faz ao se aproximar dos objetos é, basicamente, atualizar as texturas para as definitivas, sem que o usuário perceba a mudança. Um erro casual no GTA IV exibido no vídeo abaixo ilustra perfeitamente a situação.



Repare que, ao cair do carro e visualizar o prédio, o que o personagem vê é, na verdade, um bloco vermelho, que depois de algum tempo ganha a sua textura definitiva, exibindo detalhes como tijolos, janelas e outros elementos.

Se o erro não tivesse acontecido, o jogador dificilmente diferenciaria o bloco do prédio real vendo-o de muito longe. Assim que ele começasse a se aproximar do edifício, a textura seria atualizada antes que ele pudesse observá-la em detalhes, eliminando o pop-in.

Erro ou necessidade?

Muitos podem ver o que acontece nos casos descritos como erros ou falhas grotescas, mas elaborar um game de gráficos fantásticos renderizando o cenário completo de uma única vez seria, sem dúvida, inviável para as configurações de qualquer console atual. Com bom senso e discrição, tais detalhes passam despercebidos em diversos títulos, sem estragar sua qualidade e, principalmente, a diversão dos jogadores.


Fonte: http://baixaki.ig.com.br/info/768-o-que-e-pop-in-.htm