•  
     

O que é OpenGL?! Saiba o que é.!

Saiba mais sobre essa famosa tecnologia!

Certamente todo jogador já deve ter ouvido falar pelo menos uma vez de OpenGL. Muito provavelmente esse contato com o termo deve ter sido durante uma seleção a respeito de processamento gráfico antes de iniciar um jogo, e as outras opções eram Direct3D ou, em casos mais antigos, Glide. Intuitivamente, uma seleção era escolhida, muitas vezes sem sequer saber do que se tratava.

OpenGL, assim como Direct3D ou Glide, é uma API (Application Programming Interface), termo usado para classificar uma biblioteca de funções específicas disponibilizadas para a criação e desenvolvimento de aplicativos em determinadas linguagens de programação. A OpenGL foi produzida com C e C++ em mente, mas pode ser utilizada para diversas outras com um alto nível de eficiência.

Dois exemplos de games que suportam OpenGL.Há alguns anos, a competição era bastante grande entre OpenGL, Direct3D e Glide, pois as três disponibilizavam funções análogas e tinham um grau de eficiência relativamente parecido, dependendo do hardware do usuário. A primeira competidora a sair do ringue foi a Glide, pois era desenvolvida para ser compatível com as placas de vídeo da empresa 3Dfx. Isso restringia demais a utilidade da API, e a falência da produtora selou seu destino.

Uma API versátil

Ao contrário da defunta Glide, a OpenGL se manteve forte no mercado devido à sua versatilidade enorme. Enquanto a Direct3D se restringe ao sistema operacional Windows, OpenGL pode ser utilizada em qualquer sistema operacional, para produzir qualquer tipo de aplicativo, desde games até ferramentas de modelagem 3D ou programas de processamento de superfícies matemáticas.

A indústria de jogos, em particular, começou a adotar cada vez mais a API Direct3D como padrão devido à sua quantidade de opções para desenvolvimento de efeitos visuais, e ao fato de que a maior parte dos jogadores utiliza o sistema Windows em seu PC. A maior parte dos games mais recentes e complexos graficamente utiliza a biblioteca para representar ambientes densos, extensos e bonitos, com um grau de realismo crescente, aproveitando o lançamento do DirectX 10, que abriu novas possibilidades de desenvolvimento gráfico.

A OpenGL ainda é relativamente inferior nesse aspecto, mas sua versatilidade está novamente se tornando seu ponto forte: hoje em dia, as produtoras de games visam aumentar cada vez mais o número de cópias vendidas de seus novos títulos, adaptando games de PC para os consoles de última geração. A API Direct3D não é muito flexível neste sentido, então a biblioteca OpenGL está tomando um espaço cada vez maior, devido à sua grande adaptabilidade.

O mundo dos games é bastante turbulento e tendências de desenvolvimento vêm e vão com uma freqüência bastante grande. A popularidade de uma API depende da recepção de cada uma das tecnologias em suas aplicações mais direcionadas ao público em geral, e a OpenGL foi, é e será uma das opções mais importantes nesta acirrada competição.