•  
     

O que é o Paraquedismo

Voar, voar e voar. Esse é o resumo do pára-quedismo, um esporte que possibilita ao homem sentir toda a liberdade de voar. Até o momento de abrir o pára-quedas, é uma queda livre sem nada para atrapalhar, literalmente como o vôo dos pássaros.
A adrenalina de ficar solto ar nasceu praticamente junta com os primeiros balões. É que o primeiro homem a saltar de pára-quedas foi o balonista francês Andre-Jacques Garverin, em 1798.
A sensação de voar logo fez com que as técnicas e equipamentos se desenvolvessem, o que facilitou, em muito, o seu crescimento. Hoje a grande divulgação e a segurança são as principais características do pára-quedismo.
Segundo o instrutor Osmar da Silva, quem procura o pára-quedismo está decidido. “É difícil encontrarmos pessoas que desistem na hora. Geralmente quem vem procurar uma escola especializada já está com a idéia amadurecida, até porque não é uma decisão nada fácil”.

História do Paraquedismo

A história do pára-quedismo está diretamente ligada a da conquista dos céus. É que o primeiro homem a saltar de um pára-quedas foi o balonista francês Andre-Jacques Garverin. O francês e sua esposa foram os primeiros a saltar no ano de 1798.
Depois de muitos saltos, a maioria com condições precárias, as forças armadas passaram a utilizar a técnica para invadir os territórios inimigos. O desenvolvimento dos pára-quedas tornou possível uma maior segurança e por volta da década de 50 o pára-quedismo começou a ser visto como uma forma de esporte.
A dirigibilidade e a praticidade do equipamento foi conseguida através da evolução dos materiais utilizados. Hoje em dia o praticante tem todo o controle sobre a direção que quer seguir. Então quem quer começar no esporte não tem desculpa.

Equipamentos do Paraquedismo

O principal equipamento é mesmo o pára-quedas. Parece óbvio falar, mas você depende dele. O principal cuidado que deve ser tomado é com a dobragem. Caso você não se sinta seguro para realizar, existem profissionais especializados. O cuidado com a manutenção e conservação do pára-quedas também deve ser grande.
Em caso de problema com o pára-quedas principal, o uso obrigatório do pára-quedas de segurança evita qualquer tipo de acidente. O capacete, os óculos e o macacão são também equipamentos fundamentais.

Onde praticar o Paraquedismo

O local do salto é determinado de acordo com as características da região. Uma área com pouco tráfego aéreo dá maior segurança a quem está saltando. Outros pontos fundamentais são o espaço para pouso e a proximidade com a sua residência.
A meteorologia também influi muito, já que em tempo chuvoso fica praticamente impossível realizar o salto.

Quem pode praticar o Paraquedismo

Para praticar o esporte é necessário fazer um curso teórico e prático em alguma escola certificada pela Confederação Brasileira de Pára-quedismo. No curso você poderá aprender tudo sobre o esporte, além é claro, de realizar saltos.
Segundo o instrutor Osmar da Silva, o curso dá todo o embasamento necessário. “Quem faz o curso está apto a saltar. As avaliações são muito exigentes, o que garante a segurança dos alunos”.
Antes de saltar, porém, é importante que você realize um exame médico para certificar as condições de saúde. Como a adrenalina é muito alta, todo cuidado é pouco. O pára-quedismo não é indicado para quem tem problemas do coração saltar de pára-quedas.

paraquedismo002.jpg
paraquedismo002.jpg (12.7 KiB) Visto 3596 vezes


paraquedismo001.jpg
paraquedismo001.jpg (15.22 KiB) Visto 3596 vezes


paraquedismo003.jpg
paraquedismo003.jpg (13.24 KiB) Visto 3596 vezes


link: http://arooliveira.vilabol.uol.com.br/paraquedismo.htm