•  
     

O que é detecção de colisões?

Conheça um dos aspectos mais básicos de jogos modernos!

Para representar de uma maneira verossímil e realista um ambiente qualquer, uma simulação computacional tem que levar em conta diversos efeitos físicos. Entre estes efeitos existem as sutilezas da iluminação, sombreamento, texturização, formas e movimentos. Porém, é fácil esquecer aqueles fatores que, de tão elementares e básicos, acabam passando despercebidos, até o momento em que se constata que o resultado final da simulação não está bom o suficiente.

Um efeito extremamente básico, mas muito importante nesse tipo de simulação é a detecção de colisões, que traduz em termos computacionais uma das verdades mais básicas da realidade: dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço em um determinado instante. Essencialmente, quando um corpo tenta entrar no espaço delimitado pelas extremidades de outro corpo, ambos entram em contato e um impede o movimento do outro.



Uma simulação essencial

Isso pode ser simulado de diversas maneiras. Assim como um corpo real, um modelo criado em computador tem parâmetros espaciais, e ocupa um determinado “volume” em um espaço virtual. Estes conjuntos de coordenadas podem ser comparados simultaneamente em dois objetos, e quando as posições são coincidentes, isso significa que está havendo um contato “físico” entre os dois corpos.

Os métodos específicos de detecção de colisão variam segundo diversos fatores, como o número de dimensões (modelos 2D ou 3D), a complexidade dos objetos a serem analisados, o tipo de movimento que está ocorrendo, assim como a necessidade de realismo: o programador pode querer que seu jogo não corresponda à realidade, então pode ser interessante que um objeto atravesse o espaço em que outro já está posicionado.

Fonte: http://baixaki.ig.com.br/info/1059-o-qu ... isoes-.htm