•  
     

O quanto a Traffic perdeu não comprando Kléber?

O que Kléber esperava aconteceu.

Já há um pequeno e qualificado leilão pelo atacante do Cruzeiro.

A idéia era não vazar enquanto o time disputa a Libertadores da América.

Mas, depois da oficialização da proposta do Liverpool, surgem dois outros clubes europeus muito interessados nele.

O primeiro e, aparentemente, disposto a colocar mais dinheiro é o Napoli.

A diretoria do clube italiano resolveu montar uma equipe mais forte do que a dos últimos anos.

E Kléber tem o perfil do artilheiro que os dirigentes napolitanos procuram.

Por último, e mais low profile, o Bordeaux.

clebe.jpg


link:http://blogdocosmerimoli.blog.uol.com.br/arch2009-06-07_2009-06-13.html

Campeões franceses, os empresários mostram menos ansiedade para negociar.

Mas chegaram ao Brasil dispostos a gastar muito, se precisar, para levar o jogador.

O leilão acontece em uma hora ótima para o jogador.

Ele está desgastado.

Se sente perseguido pelos árbitros.

A direção do Cruzeiro protestou contra a Comissão de Arbitragem.

Para proteger Kléber.

Porém, se o Cruzeiro não for campeão da Libertadores, se torna quase impossível a permanência dele em Minas Gerais.

As pessoas mais próximas a ele já sabem disso.

Kléber está cansado de explicar o porquê de tantos cartões amarelos e vermelhos.

A bem da verdade, os Perrella não ficarão traumatizados se ele sair.

Desde que o lucro seja muito grande.

O desejo nada secreto da família que melhor faz negócio no Brasil é ter uma proposta de 14 milhões de euros, pouco mais de R$ 38 milhões.

No começo do ano, a Traffic não quis pagar US$ 6 milhões, cerca de R$ 11 milhões, por ele, ao Dínamo de Kiev.

A alegação foi que não investiria em um jogador 'tão velho', 25 anos.

Não houve protesto da Comissão Técnica diante da negativa.

E Kléber ainda chorou na quadra da torcida Mancha (Alvi) Verde quando soube que não iria ficar no Palmeiras...