•  
     

O Boca Vermelha

O Boca Vermelha
Essa é uma lenda baseada em fatos reais. Eu sei porque eu estava lá. Perto de Santa Rosa, há um vilarejo chamado Nhumirim. Essa cidade é tão pequena que nem deve estar no mapa, e tem menos de 50 habitantes. Pois então, nessa cidade há um sítio, o qual pertence ao meu avô. (Até aí é verdade.) Há mais ou menos 8 anos, apareceu neste vilarejo um homem negro, de uns 30, 40 ano, alegando ser herdeiro de uma das casas. (Isso não posso comprovar.) Alguns dias depois, três crianças estavam no sítio, brincavam alegremente na pracinha, na frente da igreja do vilarejo, enquanto uma mulher lia uma revista. Pois este homem negro do qual falei, veio subindo a ladeira. Por algum motivo, como que se pressentissem o perigo, as três crianças se esconderam atrás da igreja, apenas com as cabecinhas de fora. Enquanto isso, uma quarta criança, mais velha que as outras três, vinha de bicicleta com um sorvete na mão. O homem negro, pegou no chão um bambolê quebrado. Foi andando até a menina na bicleta, e começou a enforca-la com o bambolê! A mulher da revista, sua mãe, começou a gritar. Seus primos e sua irmã, as crianças escondidas atrás da igreja, olhavam assustados. Homens sairam das suas casas, indo ajudar a mulher que gritava. O homem foi agarrado por quatro homens, enquanto a mulher chamava a polícia. Quando os policiais chegaram, contaram que aquele homem era um criminoso famoso nas redondezas, preso por assasinato, e que havia fugido da prisão local. Enquanto era levado, jurou vingança contra aquelas crianças e suas famílias. (Verdadeiro. Como eu era uma das três crianças, e presenciei tudo.) Mais tarde, fiquei sabendo que ele fugira novamente, e algum tempo depois soube que ele havia se suicidado. (Não tenho como comprovar, mas julgo que é verdadeiro.) Dizem que seu espírito vaga pelas redondezas daquele pequeno vilarejo até hoje, e que toda noite, vai esperar aquelas crianças na pracinha na frente da igreja. (Eu já muitas vezes vi um homem igual aquele que até hoje me inspira medo. Caso seja verdade que ele está morto, é verdadeiro. Caso o contrário, é melhor eu me precaver.)

Fonte: http://www.sobrenatural.org/lenda_urban ... _vermelha/