•  
     

Novas Criações

Vidro Líquido:

O spray é transparente, atóxico e pode proteger qualquer superfície contra danos causados por água, terra, raios UV, calor e bactérias. A proteção também é flexível e tem “poros”, o que a torna utilizável em vários produtos. O spray de vidro líquido é feito, basicamente, de dióxido de silicone (SiO2, a conhecida sílica, um composto do vidro). Dependendo da superfície que você pretende proteger é só misturar água e etanol e as moléculas da mistura grudam em uma nanoescala, por causa das forças quânticas envolvidas. Além disso o efeito é prolongado porque bactérias que destruiriam a proteção se reproduzem com dificuldade na superfície. Estudam a possibilidade de uso na medicina, na esterilização de aparelhos cirúrgicos e etc.


Fumaça Congelada:

Criaram a fumaça congelada em 2007, por ser biodegradável seria muito viável na substituição do plástico, o que o planeta ficaria muito agradecido. Pode suportar a explosão direta de um quilo de dinamite e temperaturas superiores a 1.300°C. Sua descoberta, na altura foi considerada tão importante quanto a fibra de carbono, na década de 1980, e o silicone, na década de 1990. Fala-se no uso desta substância para produzir peças para robôs responsáveis pela exploração do solo de Marte.


Água Elástica:

Composta por 95% de água, a substância é obtida pela adição de dois gramas de argila e uma pequena quantidade de alguma matéria orgânica à água normal, essa nova substância é gelatinoso e é considerada adequada para uso na medicina como forma de manter os tecidos juntos por um grande período. O estudo está em fase final de desenvolvimento até Setembro de 2010. Se os cientistas tiverem êxito no aumento da densidade da substância, poderão utilizar a “água elástica” para produzir materiais plásticos ecologicamente limpos e assim substituir de vez o plástico. Um relatório com os feitos obtidos pelos cientistas já foi publicado na última edição da revista científica britânica "Nature". (na verdade ainda ninguém sabe para o que serve).