•  
     

No escândalo da Petrobras, Dilma demitiu o bagre e deixou os tubarões à solta no mar nebuloso