•  
     

Múmias de 200 anos são encontradas no Mosteiro da Luz

Descoberta ocorreu por acaso, quando operários trabalhavam para eliminar cupins.
Mumificação não faz parte das crenças católicas e por isso provoca mais curiosidade.




Operários encontraram duas múmias com mais de 200 anos no Mosteiro da Luz, Centro de São Paulo. A descoberta aconteceu por acaso e estava sendo mantida em segredo. A mumificação não faz parte das crenças católicas, por isso, o fato provoca ainda mais curiosidade. Enquanto pesquisadores procuram explicações, a história mexe com a imaginação de quem passa pelo bairro da Luz.



No sábado de Carnaval, uma empresa foi chamada para retirar cupins de uma das paredes internas da área do museu do Mosteiro da Luz. Ao seguir o rastro dos cupins, os técnicos decidiram abrir a parede oposta da sala onde estavam e lá tiveram uma surpresa.

O jornal "Diário de S.Paulo" revelou nesta terça-feira (26) que há suspeita de que os corpos sejam de freiras - uma delas estava de sapato. Desde o século 19, as irmãs passaram a ser enterradas em um ossário. Até hoje, 109 freiras morreram no Mosteiro da Luz. Não se sabe exatamente porque as freiras encontradas estavam na parede, em vez de enterradas, no chão.

Como antigamente não havia atestado de óbito das freiras, o capelão agora pesquisa em cinco diários das irmãs, para tentar descobrir de quem são os corpos encontrados.



Os devotos, que freqüentam o mosteiro, ainda tentam se acostumar com a idéia. Segundo o capelão, a mesma parede abriga ainda pelo menos outras cinco possíveis sepulturas.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0 ... A+LUZ.html