•  
     

Mito ou Verdade: instalar vários programas deixa a máquina l

Muitas pessoas se preocupam ao instalar vários programas com medo que várias instalações possam deixar o computador lento. Aqui será examinada essa questão para esclarecer se de fato ocorre.

Investigando a Velocidade do computador

A velocidade de seu PC pode ser definida a partir de algumas questões. Uma delas é a velocidade do processador. Outra é a quantidade de memória RAM. Finalmente, podemos considerar a quantidade de processos ou tarefas que o computador precisa executar.

Imagem

investigando a Velocidade do Processador

Unidade Central de Processamento, Central Processing Unit, CPU, microprocessador ou simplesmente processador, é um chip localizado sobre a placa-mãe, responsável por processar os dados do computador, usando informações dos programas ou softwares junto com instruções de programação ou ainda instruções do usuário, devolvendo novos dados. A velocidade do processador é medida em ciclos por segundo, ou Hertz (Hz). Atualmente, os processadores podem ter 1GHz ou mais de velocidade.

Isso quer dizer que quanto maior for a velocidade de processamento, mais ciclos ele pode realizar por segundo. Alguns programas precisam de mais ciclos do que outros para processar, então quanto maior a velocidade do processador, maior será sua capacidade de processamento.

Investigando a Memória RAM

Imagem

Imaginem que toda a informação de seu trabalho está em pastas dentro de gavetas em um grande arquivo. Quando você precisa de algum dado para seu trabalho, você pega aquela pasta e coloca os papéis sobre sua mesa. Quanto maior for sua mesa de trabalho, mais papéis poderão ter ao mesmo tempo para poder trabalhar.

A memória RAM ajuda na velocidade do PCA memória RAM parte desse princípio. RAM significa Random Access Memory, ou Memória de Acesso Aleatório e é conhecida também como Memória de Trabalho. Sempre que um programa instalado é aberto, as informações necessárias para seu funcionamento são depositadas na memória RAM para serem usadas. Quando o programa é fechado, grande parte das informações desse programa é apagada da memória RAM, mas outra parte permanece. Por isso é mais rápido abrir um programa pela segunda vez do que pela primeira vez. Mas quando o computador é desligado, toda a memória RAM é apagada, liberando todo o espaço para iniciar a próxima sessão com total capacidade.

A memória RAM funciona somente com os programas abertos ou em operação, não com os programas instalados. Porém, caso o computador precise de mais memória RAM do que disponível no sistema, ele usa parte da memória física do HD, a chamada “memória virtual”. Caso exista pouco espaço livre no HD, haverá, consequentemente, menos memória virtual disponível caso toda memória RAM seja utilizada.

Investigando os Processos do Computador

Imagem

Todo sistema operacional executa processos automaticamente que podem ocorrer desde sua inicialização até como resposta a determinado comando. Todos esses processos estão anotados no Registro do sistema operacional, uma lista de instruções que o computador eventualmente precisará operar.

Investigue as instruções do Registro do WindowsCada programa instalado anota no registro uma ou algumas linhas de instrução. Quando o computador começa a operar, ele busca no registro o que deve ser feito e quais operações executar. Por exemplo, ao pedir para abrir um programa, o computador busca no registro onde na memória estão os arquivos necessários para executar tal programa. Só então, ele vai atrás dos arquivos, que podem estar em pastas diferentes e até mesmo necessitar que outros programas menores sejam executados ao mesmo tempo. Quanto mais instruções um programa escrever no registro, maior terá que ser a capacidade de processamento e de memória do computador.

Mas tudo isso é feito automaticamente. Inclusive existem programas que escrevem no registro para que tenha seu início automático também na inicialização do Windows, ou até mesmo quando perceber que uma conexão com a internet foi estabelecida, ou quando algum novo programa for aberto. Esse é o caso, por exemplo, dos antivírus, que iniciam com o computador e executam funções com alguns comandos de programas.

Analisando tudo isso

A grande questão aqui é como a instalação de vários programas pode influenciar a velocidade do computador. O primeiro ponto a ser visto é que a instalação de vários programas diretamente vai ocupar espaço no HD e pode escrever informações no registro de inicialização. Se esse programa tiver instruções a serem executadas automaticamente ou durante a inicialização do Windows, essas instruções podem interferir na velocidade de processamento, pois por mais que uma instrução no registro seja mínima, é um processo a mais a ser trabalhado.

Porém, isso não é regra, pois nem todos os programas instalados escrevem instruções no registro de inicialização. Então instalar muitos programas em si pode não interferir. Vai depender somente se os programas instalados alteram ou não esse registro. Alguns programas, inclusive, nem precisam de instalação e podem ser rodados automaticamente do arquivo executável, como o Media Player Classic ou o Pazera Video Converter Suite.

Às vezes ficam resquícios de programas na memóriaUma coisa que pode acontecer é uma determinada instrução continuar no registro mesmo após o programa ser excluído do sistema. Isso vai fazer com que o computador perca tempo, seguindo instruções que podem não levar a lugar algum, atrasando os outros processos vitais do computador. Mas isso é facilmente resolvido com o CCleaner, que remove e limpa o registro dessas instruções inúteis, deixando somente os processos essenciais e, consequentemente, o computador mais leve.

Outra coisa que pode acontecer é que uma quantidade excessiva de programas instalados ocupe uma boa parte do espaço disponível no HD. Isso quer dizer que haverá uma quantidade menor de memória física disponível para ser usada como memória virtual. Também pode acontecer que muitos programas sejam executados ao mesmo tempo, e por mais que sejam fechados, eles ainda vão ocupar boa parte da memória RAM e memória virtual, deixando menos espaço disponível para os outros processos. Isso pode ser resolvido com programas como CleanMem ou o Mr Memory, que monitoram e organizam o uso da memória RAM e da memória virtual de seu computador.

Imagem

Instalando e Desinstalando Programas

Algumas pessoas podem pensar que ao desinstalar algum programa ele também solucionará boa parte do problema com relação à velocidade. Mas a simples desinstalação pode não resolver. Uma coisa é certa: vai haver mais espaço no HD e, com isso, mais espaço pra memória virtual. Porém, pode acontecer que esse espaço disponível esteja fragmentado e espalhado irregularmente no computador, dificultando assim o trabalho da máquina. Além disso, apagar um programa não garante que seu registro seja apagado também, sendo necessário passar o CCleaner.

Imagem

Ao desinstalar muitos programas ou ao apagar muitos arquivos, é sempre interessante desfragmentar o HD. Isso garante que a informação de um determinado programa estará próxima uma da outra e não estará espalhada pelo HD. Quanto menos desfragmentado for um HD, mais eficiente será o uso da memória do computador e com isso ele será mais rápido também.

Algumas Recomendações

Não existe só uma variável para influenciar a velocidade do computador. Ao mesmo tempo, instalar muitos programas pode ou não deixar a máquina mais lenta.

Caso seu computador não esteja tão rápido quanto costumava ser, tente verificar as seguintes questões:

Imagem Condição da memória RAM – veja se seu computador está utilizando de maneira eficaz a memória RAM e a memória virtual. O CleanMem e o Mr Memory são programas ótimos pra isso.

Imagem Desfragmente o HD – Sempre é interessante desfragmentar o HD para otimizar o funcionamento dos programas e da memória virtual. O PerfectDisk Professional e o JkDefrag fazem isso muito bem.

Imagem Registro e programas inúteis – Faça uma limpa no registro para remover instruções desnecessárias. Aproveite e apague também programas que só ocupam espaço de memória e de processamento. Utilize o CCleaner para o registro e o Glary Utilities para remover os programas inúteis.

Imagem Uso do processador – Sempre é interessante verificar o uso do processador. O CPU & RAM Meter mede a eficiência do uso do processador e da memória RAM em tempo real. E caso você queira otimizar esse uso, você pode instalar o PC Accelerate.

Imagem rogramas intrusos e alterações no registro – Às vezes o que pode acontecer é que você tem programas intrusos, instalados durante suas viagens pela internet, como spywares ou adwares. A instalação de programas como o Spybot - Search and Destroy e o Spyware Terminator ajudam a remover esses programas e o Resident que vem junto com o Spybot sempre lhe avisa quando um programa fizer alguma alteração no registro.

Conclusão

Com essas explicações e dicas, além de você saber o que pode atrapalhar a velocidade do computador e como resolver isso, você agora sabe que instalar novos programas não vai necessariamente atrapalhar o funcionamento de sua máquina. É só seguir essas recomendações para melhorar a velocidade do computador.

baixaki
créditos: FelipeGiffoni