•  
     

Mercedes oficializa volta de Schumacher à Fórmula 1

Heptacampeão mundial assina contrato de três anos com a escuderia.


Agora é oficial: o alemão Michael Schumacher está de volta à Fórmula 1. O anúncio foi feito nesta quarta-feira pela Mercedez (ex-Brawn GP), equipe que o heptacampeão do mundo defenderá pelos próximos três anos.

Schumi, que completa 41 anos em fevereiro, terá como companheiro de equipe o também alemão Nico Rosberg. O retorno do piloto, que havia se aposentado em 2006, era aguardado desde agosto deste ano, quando Felipe Massa sofreu um acidente no GP da Hungria e ficou fora do restante da temporada. Na ocasião, o alemão só não ocupou o cockpit da Ferrari devido a intensas dores que sentia nas costas, remanescentes de uma queda de moto.

Desde que a Mercedes-Benz adquiriu a Brawn GP, campeã em 2009, a volta de Schumacher à categoria mais tradicional do automobilismo mundial ganhou cada vez mais força, e o anúncio era questão de tempo


Confira alguns números do maior vencedor da história da F1:

7 títulos mundiais

91 vitórias

68 pole positions

154 pódios

76 melhores voltas

1.369 pontos marcados
  •