•  
     

Massa volta a recorrer a "cueca da sorte" para o GP Brasil d

Depois de Lewis Hamilton ter recorrido a conselhos do suposto paranormal Uri Geller, que ficou famoso nos anos 70 entortando talheres e consertando relógios "com o poder da mente", Felipe Massa desembarcou em São Paulo nesta terça-feira para um período de descanso antes do GP do Brasil de F-1 e afirmou que também tem suas superstições.

O piloto da Ferrari, que tenta reverter uma vantagem de sete pontos do rival da McLaren na etapa final do Mundial, no dia 2 de novembro, em Interlagos, lembrou que usa uma "cueca da sorte", mas fez questão de minimizar os efeitos das superstições dentro da pista.

"Tenho uma superstição com a cueca. Vai ser ela de novo. Tenho várias outras superstições, mas, se fosse contar, a gente não ia sair daqui", disse Massa, em entrevista à TV Globo.

"Cada um tem seu jeito de ver as coisas. Se ele [Hamilton] tem um jeito de ficar mais tranqüilo, é bom para ele", disse, referindo-se à consulta com Uri Geller.

"Mas a superstição não ajuda nada para vencer uma corrida. Ajuda só a você estar tranqüilo", continuou.

Em 2006, quando venceu o GP do Brasil, Massa usou a tática de repetir a cueca nos três dias do evento. A "cueca da sorte" permanece a mesma até hoje, segundo o próprio piloto.

Outras superstições de Massa são entrar no carro sempre pelo lado esquerdo e vestir sempre a luva e a sapatilha direitas primeiro.
 
kkkkk, é cada cara louco, quem já viu uma cueca ganhar corrida?
 
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


xD
 
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk