•  
     

Marte pode ter vestigios de Vida

SÃO PAULO - Em um novo estudo publicado esta semana, cientistas defendem a tese de que uma região de Marte pode ter preservado vestígios de vida no planeta.

O artigo, publicado na Earth and Planetary Science Letters, tem como principal autor Adrian J. Brown, pesquisador do Search for Extraterrestrial Intelligence Institute, mas conhecido como SETI.

Ele e seus colegas usaram instrumentos a bordo da nave Mars Reconaissance Orbiter, da Nasa, para analisar uma região marciana chamada de Nili Fossae.

Eles observaram uma atividade de carbonatos bastante peculiar, capaz de fornecer energia o suficiente para atividade biológica no passado – e capaz também de preservar indícios.

A existência de carbonatos em Marte foi confirmada em 2008 e está associada à possibilidade de vida no planeta. Os dados colhidos agora somente reforçam esta tese, uma vez que o mesmo processo “hidrotérmico” que permitiu a vida e preservou indícios na Terra pode ter acontecido também em Marte.

As rochas estudadas possuem mais de quatro bilhões de anos e a pesquisa não visa encontrar vida atualmente em Marte, mas sim descobrir se ela existiu em um passado muito remoto do planeta.

Créditos:http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/marte-pode-ter-vestigios-de-vida-30072010-18.shl

________________________________


NBK* - acemprol.com