•  
     

Local de terremoto é cenário de 'O feitiço de Áquila' e 'O n

Cidade medieval foi fundada por imperador alemão no século XIII.
Região também abriga ruínas da cidade romana de Amiternum.


A região de Áquila, na Itália Central, que foi atingida neste domingo (5) por um forte terremoto, abriga alguns dos monumentos medievais mais bem preservados do país europeu, além de prédios históricos que remontam ao Renascimento e à época do Império Romano.

A Rocca Calascio, fortaleza que serviu de cenário para 'O Feitiço de Áquila'.jpg
A Rocca Calascio, fortaleza que serviu de cenário para 'O Feitiço de Áquila'


A cidade de Áquila foi construída a mando de dois imperadores alemães do Sacro Império Romano-Germânico, Frederico II e seu filho Conrado IV, ao longo do século XIII. A região passou a integrar o reino de Nápoles, um dos estados independentes que existiam na Itália antes que o país fosse unificado no século XIX.

Como o reino de Nápoles foi governado, ao longo dos séculos, por uma série de dinastias de origem francesa e espanhola, a história e a arquitetura da cidade são marcadas por essa influência. Um dos exemplos importantes é o chamado Forte Spagnolo ("fortaleza espanhola"), erguido em 1534 pelo vice-rei espanhol Dom Pedro de Toledo. A cidade também tem belas igrejas, como a basílica de São Bernardino de Siena, construída em 1472, a qual contém o túmulo do santo, e Santa Maria di Collemaggio, que abriga o mausoléu do Papa medieval Celestino V.

Na região de Áquila também ficam as ruínas da cidade romana de Amiternum. Fortalezas medievais, como a chamada Rocca Calascio, e montanhas da área serviram de cenário para filmes como "O feitiço de Áquila" (1985) e "O nome da rosa" (1986).

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,M ... +ROSA.html