•  
     

Justiça condena quatro acusados pelo furto de obras do Masp

Eles terão de cumprir penas que vão de três a nove anos de prisão.
Grupo responde também por duas tentativas anteriores de invasão.


0,,12127985-AI,00.jpg
'O lavrador de café' e 'Retrato de Suzanne Bloch', telas furtadas do Masp e recuperadas pela polícia. (Foto: Reprodução)
0,,12127985-AI,00.jpg (13.8 KiB) Visto 214 vezes


Quatro acusados pelo furto de duas obras do Museu de Arte de São Paulo, ocorrido em 20 dezembro de 2007, foram julgados na quarta-feira (4) pelo juiz Marcello Ovídio Lopes Guimarães, da 18ª Vara Criminal de São Paulo. O grupo é acusado pelo furto dos quadros "O Lavrador de Café", de Cândido Portinari, e "O Retrato de Suzanne Bloch", que foram recuperados pela polícia.

Robson de Jesus Jordão foi condenado a nove anos e seis meses de reclusão. Também foram condenados Francisco Laerton Lopes de Lima, o Gordo, a oito anos e um mês; Moisés Manoel de Lima Sobrinho , vulgo Alemão, a seis anos e cinco meses; e Alexsandro Bezerra da Silva, a três anos de reclusão.

Os réus também são processados por duas tentativas anteriores, ocorridas em 18 de dezembro e 29 de outubro do mesmo ano. Em janeiro, a juíza Cristina Escher Fanucchi, da 16ª Vara Criminal de São Paulo sentenciou Robson de Jesus Jordão por uma das tentativas de invasão ao museu, ocorrida em 29 de outubro de 2007.

De acordo com a sentença de janeiro, Robson foi condenado condenado a seis anos e cinco meses de prisão. Francisco Laerton Lopes de Lima foi absolvido por falta de provas na sentença sobre essa primeira tentativa de furto. Os dois acusados já estavam presos quando foram julgados.

Os dois homens foram denunciados porque em 29 de outubro, por volta da meia-noite, juntamente com uma terceira pessoa não identificada, tentaram roubar obras existentes no interior do museu. O grupo estava armado. Na ocasião, os homens não conseguiram abrir a sala onde as obras estavam guardadas e fugiram sem levar nada.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0 ... +MASP.html