•  
     

Jovem russa vai presa após sedar e abusar sexualmente de dez

Mas nem todos os homens querem apresentar queixa contra a mulher.
Após drogar a vítima, Valeria K. mantinha relações sexuais com ela.


0,,21133278-FMMP,00.jpg
Valeria foi acusada de ter sedado e abusado sexualmente de dez homens na cidade de Tambov.
0,,21133278-FMMP,00.jpg (11.2 KiB) Visto 942 vezes


Um russa de 32 anos, identificada apenas como Valeria K., está sendo acusada pela Justiça de seu país de ter sedado e abusado sexualmente de dez homens na cidade de Tambov, segundo a agência russa "Life".

De acordo com a agência, a polícia ficou chocada quando descobriu que era uma mulher bonita e jovem a misteriosa pessoa que havia abusado sexualmente de dez homens após sedá-los com clonidina.

Após conhecer a vítima, Valeria a convidava para ir até sua casa. Quando chegavam à residência, ela dava uma bebida misturada com a droga, o que provocava sonolência durante quase 24 horas.

Depois que o homem estava sedado, ela tirava a roupa e mantinha relações sexuais com ele. Segundo a agência "Life", Valeria usava uma espécie de corda para apertar a genitália masculina, para que a vítima mantivesse a ereção.

Alguns homens foram parar no hospital com intoxicação por clonidina e com uma lesão no pênis. Mas eles pouco lembravam sobre a mulher misteriosa e sobre o que havia acontecido.

Quando foi finalmente identificada, Valeria foi presa. No entanto nem todos os homens pretendem apresentar queixa contra ela.

"Eu gosto de mulher sexy. Só gostaria que ela não tivesse usado a clonidina", disse uma vítima, segundo o jornal inglês "Daily Telegraph".

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,M ... OMENS.html