•  
     

Intelig

A Intelig Telecom é uma empresa de telecomunicações que atua no mercado de ligações de longa-distância nacional e internacional, transmissão de dados e telefonia local (segmento voltado para empresas).

A Intelig possui como acionistas a National Grid (com 50% do capital), France Telecom (com 25%) e Sprint (com 25%), e atua no mercado brasileiro desde janeiro de 2000.

O nome "Intelig" foi escolhido pela população através de votação amplamente divulgada em uma grande campanha de marketing, onde as opções eram Intelig, Dialog e Unicom. A empresa, antes de receber o nome Intelig, possuía o nome Bonari. A matriz da empresa foi estabelecida no Rio de Janeiro.


A Intelig, operadora originalmente de longa-distância, atuava como espelho da operadora Embratel, visando fomentar a concorrência no mercado brasileiro de telecomunicações após a privatização do sistema Telebrás. Com a abertura do mercado de longa-distância em 2002, e o incremento na concorrência, ampliou seu portfolio de produtos, passando a oferecer serviços de dados (VPN, DIP, ATM, entre outros), ligações locais e de hubbing para outras empresas de telecomunicações. Seu foco atual é o mercado corporativo, oferecendo soluções de telefonia e comunicação de dados.



Intelig Telecom opera seus serviços de longa-distância nacional e internacional através do CSP (código de seleção de prestadora) 23.

Possui uma infra-estrutura que permite aos seus clientes obter soluções integradas e personalizadas. Os equipamentos são de última geração, formando uma rede 100% digital.

A rede IP da Intelig Telecom é formada por equipamentos Cisco e Nortel. O backbone, com 17 Gbps de capacidade, dispõe da mais nova tecnologia do mercado: o Multiprotocol Label Switch (MPLS) que confere maior segurança ao tráfego de informações e simplifica o direcionamento dos dados dentro da rede.

A Intelig Telecom construiu ainda estações terrenas de satélites com abrangência nacional e internacional, garantindo assim uma melhor cobertura para seus serviços. E para garantir a conexão às grandes redes internacionais, adquiriu capacidade nos principais sistemas de cabos submarinos, como o AmericasII, Globenet , Global Crossing e o Atlantis2.




Fonte: http://www.telefone-ok.com.br/telefone/ ... ntelig.asp