•  
     

Impacto galáctico: NASA revela que Andrômeda e Via Láctea es

Astrônomos da agência espacial norte-americana estimam que o choque deverá ocorrer dentro de 4 bilhões de anos.


De acordo com uma notícia divulgada pela NASA, a Via Láctea e a galáxia de Andrômeda se encontram em rota de colisão. Mas não se preocupe, pois as estimativas preveem que o choque galáctico deverá ocorrer apenas dentro de 4 bilhões de anos.
Baseados em observações realizadas pelo telescópio espacial Hubble, os astrônomos calculam que a galáxia de Andrômeda acertará a Via Láctea em cheio, unindo as duas e posicionando o nosso sistema solar em uma localização diferente no universo, provavelmente nos “subúrbios” dessa nova formação.
O choque deve ocorrer a aproximadamente 2 milhões de quilômetros por hora e, segundo os dados enviados pelo Hubble, a única chance de que a colisão não ocorra seria se Andrômeda estivesse se movendo lateralmente seis vezes mais depressa do que agora.
Via Landrômeda
Um impacto dessa magnitude, embora venha a modificar completamente a visão noturna que temos hoje das estrelas no céu, provavelmente não afetaria o Sol e a Terra. De acordo com os astrônomos, os dois corpos têm grandes chances de saírem ilesos desse acidente, graças ao vasto vazio presente em ambas as galáxias.
A Via Láctea e a galáxia de Andrômeda apresentam aproximadamente o mesmo tamanho e idade — 10 bilhões de anos —, sendo, inclusive, consideradas como gêmeas por alguns. Abaixo você pode conferir algumas imagens divulgadas pela NASA, que simulam o impacto entre as duas galáxias:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

NASA