•  
     

Homens sofrem mais do que mulheres com o fim do casamento

1877_346839546_man_20crying_1__H120751_L.jpg
1877_346839546_man_20crying_1__H120751_L.jpg (10.84 KiB) Visto 372 vezes


Os homens sofrem psicologicamente mais do que as mulheres quando o casamento acaba, segundo um estudo divulgado hoje pelo órgão público Statistics Canada (SC). Homens divorciados entre 20 e 64 anos tinham seis vezes mais possibilidades de ter depressão do que os que permaneciam casados. Por contraste, as mulheres separadas tinham 3,5 vezes mais chances de depressão do que as que se mantinham casadas.

A pesquisa indica que tanto homens quanto mulheres têm quatro vezes mais chances de sofrer depressão nos dois anos que seguem à separação, em comparação com quem se mantém casado. Entre os separados, 12% sofreram de depressão contra 3% das pessoas que continuaram vivendo em casal.

Outra conclusão do estudo foi que a ruptura do casamento em si mesma já causa depressão, independentemente de outros fatores que possam agravá-la — como problemas econômicos ou com os filhos.

Entre os fatores assinalados, destacam-se a mudança no padrão de renda, o apoio social e o número de filhos na família. A associação entre a ruptura e a depressão existe inclusive quando estes elementos foram levados em consideração.

Outro elemento do estudo foi que a maioria das pessoas que sofre depressão após o fim da relação se recupera quatro anos depois. Mas uma minoria significativa continua deprimida mesmo depois desse tempo.

Os dados do estudo foram recolhidos da Pesquisa Nacional sobre Saúde da População (NPHS) realizada entre 1994 e 2005.

Fontes: 24horasnews
http://www.anitamulher.com.br/anita/hom ... casamento/