•  
     

Homem perde pedaço do próprio crânio e atrai multidão na Índ

Centenas de pessoas estão se dirigindo para um hospital da cidade de Calcutá, no leste da Índia, para ver um paciente que segura nas mãos um pedaço de seu próprio crânio.

cranio3.jpg
cranio3.jpg (13.23 KiB) Visto 5623 vezes


Médicos afirmam que um pedaço grande do crânio de Sambhu Roy, um eletricista de 25 anos, caiu no domingo depois de queimaduras graves terem impedido a irrigação sanguínea do local.

"Quando ele veio até nós, no final do ano passado, seu escalpo estava totalmente queimado e, em poucos meses, caiu expondo o crânio", disse na quarta-feira, à Reuters, Ratan Lal Bandyopadhyay, cirurgião encarregado de tratar de Roy.

"Mais tarde, notamos que parte de seu crânio estava se soltando em virtude da falta de sangue na área afetada, algo que pode acontecer no caso de grandes queimaduras".

O pedaço do crânio caiu no domingo. E, agora, centenas de pessoas e dezenas de médicos reúnem-se ao redor da cama onde Roy está deitado, segurando o pedaço de osso nas mãos.

Bandyopadhyay disse que, milagrosamente, a parte interna do crânio e a membrana que ajuda na formação do osso não foram afetadas, o que permitiu que um novo pedaço crescesse na área.

"Quando o pedaço do crânio se descolou, achei que o paciente fosse morrer. Mas percebemos a formação de uma nova proteção para a cabeça dele e isso pode ter empurrado o 'crânio morto' para fora", afirmou.

Apesar de possíveis, casos do tipo são extremamente raros.

Roy quase morreu ao ser eletrocutado quando consertava um fio de alta voltagem, em outubro passado.

"Os médicos dizem que um novo pedaço de crânio substituiu o antigo. Mas eu não vou largar deste aqui", afirmou Roy à Reuters.

O indiano pretende ficar com o pedaço de osso até morrer e não o entregará ao hospital ao receber alta. "Meu crânio me transformou em uma pessoa famosa", disse.

cranio2.jpg
cranio2.jpg (12.74 KiB) Visto 5578 vezes


cranio.jpg
cranio.jpg (17.59 KiB) Visto 5587 vezes


Sambhu-Roy.jpg


Fonte: http://www.paraiba.com.br/noticia.shtml?30601
 
minha nossa rapaz!
como você fez isso ?
doeu poracaso?
não doi?
que coisa horivel!
meu deus!
nunca vi coisa parecida!