•  
     

Hamas saúda Hugo Chávez por expulsão do embaixador de Israel

Venezuelano tomou decisão para denunciar 'agressão' em Gaza.
Em represália, Israel expulsou diplomata venezuelano do país.




O movimento islâmico palestino Hamas saudou nesta quarta-feira (7) a "valente" decisão do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, de expulsar o embaixador de Israel no país, Shlomo Cohen, para denunciar o que chamou de "agressão sionista covarde" contra os palestino da Faixa de Gaza.

A informação foi divulgada no site do movimento. O Hamas disse estar surpreendido de que "alguns países árabes" não tenham feito o mesmo e sigam mantendo relações diplomáticas com Israel.



A Venezuela anunciou na terça-feira a expulsão do embaixador.



Em represália, Israel anunciou nesta quarta que vai expulsar o encarregado de negócios da Venezuela em Tel Aviv, que na prática exerce a função de embaixador.


Veja a cobertura completa dos ataques israelenses a Gaza

“Vamos evidentemente tomar medidas de represália e expulsar o encarregado de negócios (embaixador) da embaixada da Venezuela em Tel Aviv”, disse o porta-voz do ministério das relações exteriores de Israel, Yigal Palmor, à France Presse.

A Venezuela é representada em Israel somente pelo encarregado de negócios por causa das tensões entre os dois países causadas pelas posições contrárias aos israelenses do presidente Chávez e de seu relacionamento com o Irã.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,M ... 02,00.html